Enquanto ministra do ambiente e do Ordenamento do Território Assunção Cristas afirmava: “Sou pessoa de fé, esperarei que chova”.

A frase do, então, tempo em que era Ministra do Ambiente voltou a ficar viral após o CDS apresentar uma Moção de Censura: Devo dizer que sou uma pessoa de fé, esperarei sempre que chova e esperarei sempre que a chuva nos minimize alguns destes danos. Como é evidente, quanto mais depressa vier, mais minimiza, quanto mais tarde, menos minimiza”, disse a então ministra.

Nas Redes Sociais, o vídeo saiu imediatamente da cartola tornando-se imediatamente viral.

A verdade é que enquanto ministra do ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas tentou resolucionar o problema de seca com o apoio de Deus: “Eu sou uma pessoa de fé, esperarei que chova e esperarei sempre que a chuva minimize alguns dos danos”, afirmou a então Presidente do CDS em 2012.

Também vais gostar destes:
Espanhóis arrasam política portuguesa de combate aos incêndios.
O momento em que Sócrates insulta José Rodrigues dos Santos na RTP.

Vê o vídeo a seguir e deixa-nos a tua opinião nos comentários. O que achas da actual posição de Assunção Cristas relativamente à Monção de Censura? Ridícula ou faz todo o sentido?

Loading...