Quem tem cães sabe como é stressante para eles lidar com os fogos de artificio, situações que os expõem a altos níveis de ruídos – dá um aperto no coração vê-los em pânico.
Hoje, este procedimento é utilizado no mundo todo para amenizar também as fobias e traumas em outros animais, como os cães, em especial quando precisam lidar com fogos de artifício.
Para amenizar o sofrimento do seupeludo, encontramos uma técnica – muito simples – chamada Tellington Touch.
Esse método baseia-se na informação de que animais que possuem esse tipo de pavor também têm grande sensibilidade nas regiões traseiras, patas e orelhas.
Sendo assim, consiste em atar o cão com um pano para que a circulação sanguínea das regiões extremas do corpo seja estimulada, amenizando as tensões localizadas no dorso do animal e diminuindo sua irritabilidade. Vê:
2 (Custom)

Amarra o teu cachorro de forma que a faixa englobe peito e dorso (formando um oito), finaliza dando um nó na região traseira, mas certifica-te que não esteja exatamente sobre a coluna.

POR QUE FUNCIONA?

O acto de “amarrar” o cachorro reverbera no sistema nervoso dele, que recebe a informação sensitiva, envia ao cérebro e o deixa mais calmo, visto que essa pequena pressão activa o seu sistema nervoso autônomo.
Conforme o corpo sente a pressão das faixas, a sua psique e tronco entram em harmonia, fazendo com que o pet sinta-se mais seguro e possa enfrentar momentos que lhe causavam medo e pavor.
De acordo com Helena Truksa, bióloga com foco em psicologia e especializada em comportamento animal na Ethos Animal, a técnica funciona, mas não pode ser considerada como a salvação. Pois há a questão do nível da fobia que o cão possui e isso varia de acordo com cada pet.
Contudo, ela complementa dizendo que “os cães sentem-se mais seguros em locais pequenos e apertados, e as faixas e camisetas desenvolvidas com essa finalidade, simulam esta sensação.

Também vais gostar destes:
Papa faz crítica para quem cuida de animais, mas deixa pessoas passarem fome!
Animais eram presos em jaulas submersas para tirar selfies com turistas.

QUEM CRIOU?
Segundo uma publicação no site The Ann Arbor News, a técnica ‘Tellington Touch’ foi desenvolvida por Linda Tellington-Jones, que inicialmente aplicava esse método em cavalos.

Loading...