São os contribuintes portugueses quem vão pagar as creches dos trabalhadores da Autoeuropa, encontrando-se a Segurança Social a arranjar vagas para que os funcionários possam entrar nos novos turnos da fábrica de Palmela.

O ministério de Vieira da Silva já “identificou” as vagas em “Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS)” onde os trabalhadores da Autoeuropa vão deixar os seus filhos ao sábado, quando forem trabalhar com tudo pago.

Os recursos humanos da fábrica estão a ultimar os pormenores para determinar este assunto.

Também vais gostar destes:
Após se deparar com o filho já sem vida na creche, pais deixam alerta mundial.
Presidente da Raríssimas vai passear para o Brasil com o dinheiro dos contribuintes!

Os novos horários na fábrica da Autoeuropa tem sido alvo de polémica, com avanços e recuos no que toca ao novo modelo laboral.

Loading...