E tudo novo se fez…

O renovo está no sorriso captado num lampejo pelo olhar distraído…

Está naquele “bom dia” tímido de quem diz pouco e sente muito… No olhar transbordante de gratidão que nos é lançado, no pequeno/grande segmento de amor e gentileza que a nós é ofertado. Na brisa mansa a tocar a face, na garoa tímida a tocar a alma…

E todos os fragmentos perdidos em nós regeneram-se naturalmente, calmamente, silenciosamente… A cura está no inspirar vitalidade e expirar os resíduos de rancores inúteis.

Cada novo dia tem os seus novos desafios, que muitas vezes tiram a tua paz…

Não acumules.

Permite-te abandonar o peso fatigante do medo e da culpa ao aconchegares-te na tua cama, e através da gratidão purifica a tua alma, fortalece o teu espírito…

Perdoa… É nobre, revitalizante e é o maior beneficiado. Não tenhas dúvidas. É completamente inútil alimentar mágoas, visto que ficará cada vez mais longe dos teus sonhos e objetivos. Não te atrases por tolices, não percas o foco…

A Lei do Retorno é para todos. Sendo assim, não precisas te preocupar em provar algo para alguém ou “dar o troco”. O Universo trabalha por ti, basta estar na frequência certa, basta emitir sinais de paz e plenitude.

O Universo trará a ti infinitamente mais do bem que realizares com todo teu coração. Crê nisso, e mesmo quando pensares que o teu esforço é inútil, que o teu perdão ou oração não foram notados, lembra-te que fazes parte e é indispensável ao Universo, nada será deixado no esquecimento e a vida sempre te agraciará com boas surpresas.

Não acumules…

Acompanha o ciclo da existência que se renova. Reinventa-ta cada dia. Descobre-te cada vez mais… Percebe o que passou para chegar até aqui e torna-te mais forte.

Mesmo que hoje tudo desabe… Se assim permitires, tudo novo se fará…

Também vais gostar destes:
Jovem torna a vida do professor num inferno. Mas o que o pai fez é de se lhe tirar o chapéu.
Quando a vida dá uma virada, é para a gente tomar o rumo certo. O abismo ensina a voar. 

Parece simples, e é!

As dores, decepções e martírios da alma podem até afrontar você hoje, mas lembra-te:

“E tudo novo se fez…”

Loading...
loading...
loading...