Um empregado de morgue foi “caçado” pelos agentes dos FBI quando em sua casa foram descobertos cerca de 3,000 mangalhos.

Os agentes do FBI fizeram descobriram de forma caricata 3,178 “mangalhos” humanos embalsamados quando fizeram uma procura à residência de um trabalhador de uma morgue, em Houston.

Dave Murray já se encontrava sob suspeita por parte do Federal Bureau of Investigation, por se encontrar ligado a uma rede de tráfico de órgãos.

As investigações iniciaram quando se deu falta de uma série de órgãos e partes do corpo no local onde exercia a sua actividade laboral.

O que eles encontraram em casa de Dave foi muito mais perturbador do que aquilo que se esperava inicialmente: “Haviam prateleiras em todo o lado, todas elas cheias de jarros de vidro. Cada uma delas tinha um pénis a flutuar em formalina.”, refere o relações públicas do FBI Andy Ramirez:

O suspeito confessou o crime explicando inclusive em grande detalhe como havia cortado os ditos cujos dos cadáveres para os colectar – já tinha alguns em casa com mais de 10 anos.

Também vais gostar destes:
Noiva virgem foge da Lua de Mel após se assustar com o tamanho do mangalho do marido.
Até dia 18, Lua cheia promove fim de relacionamentos e revelação de segredos.

Empregado de morgue

O homem vai agora permanecer sob custódia e será submetido a uma avaliação psiquiátrica para determinar se está em poder total das suas faculdades mentais…

Loading...