Seguindo as pegadas da Noruega e Dinamarca, há mais um país europeu a caminho da aventura de um mercado automóvel sem petróleo, ou seja, a Holanda. O desaparecimento não será de forma repentina, mas na próxima década poderão desaparecer os clássicos veículos das estradas holandesas.

A Tesla e a Faraday são norte-americanas, mas é da Europa que vem a ajuda crucial para tornar o sonho de um mercado dominado pelos veículos elétricos uma realidade.

Com Dinamarca e Noruega a sugerirem a proibição dos carros a petróleo, na Holanda, o partido trabalhista seguiu o exemplo e propôs acabar com a venda de veículos a gasolina e gasóleo. Segundo o Independent, o assunto será discutido no parlamento holandês e poderá ter efeitos em 2025, o mesmo ano em que a Dinamarca e a Noruega planeiam aplicar medidas.

Se os três países aceitarem fazer parte desta medida,  as fabricantes de carros clássicos poderão ser obrigadas a encontrar alternativas para não perder quota de mercado.

Marcas como a BMW e Nissan já oferecem modelos totalmente elétricos, apesar de não fazerem concorrência aos carros de maior luxo da Tesla e aos protótipos inovadores da Faraday Future.

Também vais gostar destes:
Homem cria gasolina sem petróleo e acaba detido!
O barato pode sair caro quando se trata de abastecer em postos de gasolina mais baratos.

Quem está com toda a certeza feliz com esta  iniciativa é o meio ambiente que agradece não ser intoxicado com tanta poluição.

loading...
loading...
Loading...