Rajesh Maru tinha apenas 32 anos e morreu sugado por aparelho de ressonância. A sua morte está a causar espanto e choque em todo o mundo.

O jovem foi puxado por uma máquina de ressonância magnética ao entrar numa sala com um cilindro de oxigénio num hospital de Mumbai, no passado sábado à noite.
De acordo com a polícia, um médico e outro funcionário do hospital foram presos, acusados de negligência.

Segundo o primeiro relatório sobre a morte do jovem, este tinha morrido por inalação do oxigénio líquido derramado pelo cilindro, mas o cilindro só ficou danificado após colidir contra a máquina de ressonância magnética.

Para que a causa real da morte possa ser apurada, o director do hospital, Ramesh Bharmal, disse ter entregue as imagens do circuito interno à polícia.
Um tio do jovem, Jitendra Maru, afirmou que funcionários do hospital disseram ao sobrinho para entrar com o cilindro, pois a máquina de ressonância magnética estava desligada.

Os aparelhos de ressonância magnética usam um forte campo magnético para reproduzir imagens dos órgãos do corpo humano e objectos metálicos são sugados por este tipo de aparelhos, não sendo permitida a entrada destes objectos nas salas onde as máquinas de ressonância magnética funcionam.

Também vais gostar destes:
O que é Aneurisma de Aorta e como pode afectar a nossa saúde.
Médico com 105 anos recomenda 25 dicas para viveres e teres muita saúde!

Em 2014, em Nova Deli, também na Índia, houve um acidente semelhante, em que dois funcionários de um hospital sofreram lesões ao serem atraídos pela máquina de ressonância magnética quando carregavam cilindros de oxigénio.

Em 2001, um menino de 6 anos morreu em Nova Iorque quando um cilindro de oxigénio voou em direcção à sua cabeça, esmagando-lhe o crânio.

Partilha
Loading...