Na Rússia é proibido contar para as crianças que homossexuais existem. O Parlamento russo aprovou uma lei que estigmatiza a comunidade gay e proíbe a distribuição de informações sobre homossexualidade para menores de idade. Houve protestos contrários e favoráveis à lei em frente ao Parlamento em  Moscou e activistas foram detidos.

Foram 434 votos a favor, nenhum contra e apenas uma abstenção. A lei foi apoiada pelo Kremlin. O texto impõe pesadas multas para quem fizer apologia fornecer informações sobre gays, lésbicas, bissexuais e transexuais para menores de idade.

A lei ainda precisa ser aprovada pela Câmara Alta e assinada pelo presidente Vladmir Putin – o que deve ocorrer sem problemas.

Também vais gostar destes:
Mulher foi presa, depois de ligar 77 MIL vezes para o seu ex namorado.
Que tal uma namorada alugada? São 60€ por hora!

A medida é parte de um esforço para promover valores tradicionais russos contra o liberalismo ocidental.

O governo e a Igreja Ortodoxa vêm os valores ocidentais como corruptos da juventude do país.

Loading...