Um novo estudo aponta que um dos fatores que pode desencadear a depressão é justamente o facto de sermos pessoas generosas demais ou boazinhas.

A descoberta publicada nesta semana pela Nature Human Behaviour refere-se a uma pesquisa realizada a respeito da percepção da desigualdade. Para medir isso, os pesquisadores analisaram o comportamento de um grupo de 343 participantes durante um jogo económico propositadamente injusto.

Entre as regras do jogo, os participantes poderiam escolher prémios a ser usufruídos por individualmente ou partilhados com o grupo – cada oferta incluía uma divisão diferente do valor.

O estudo demonstrou que aqueles indivíduos que tinham mais tendência a partilhar os prémios com os outros jogadores – e, portanto, seriam mais altruístas – estavam também mais predispostos a desenvolver depressão.

Apesar dos indícios, ainda não se sabe qual a conexão neural responsável por relacionar a desigualdade económica à depressão.

Também vais gostar destes:
Depressão pode ser revertida com iogurte, afirmam cientistas.
Os fios brancos da banana têm uma função importante no tratamento da depressão.

De acordo com o estudo, a atividade na amígdala e no hipocampo diante de situações desiguais era mais alta nos jogadores classificados como altruístas do que naqueles que apresentavam um perfil individualista. Ambas estruturas têm um papel importante no transtorno depressivo.

Loading...