O humorista Rui Sinel Cordes diz que há companhias de teatro, encenadores e atores a usar mal os subsídios do Estado para a cultura. E deixa – num vídeo – perguntas muito difíceis ao Ministro da Cultura.

Também vais gostar destes:
Morreu o actor Camilo de Oliveira: o homem que vai deixar muitas saudades.
Mau humor estimula o cérebro!

No facebook, Rui Sinel de Cordes, disse:
A sério? Há uma manifestação no Teatro Aberto porque ficaram sem o subsídio de 300 mil euros do Governo? E estão lá autores e personalidades e Media? Eh pa, que aborrecimento, adorava ter ido.
Para lhes dizer que há 4 anos, pensei fazer o “Black Label” numa sala do Teatro Aberto – a sala 2, óptima para stand-up – que estava sem programação. Uma sala vazia, que ia ser utilizada sem custos para o Teatro, ia trazer público e comissão de bilheteira. Foi-me dito pela direcção que o stand-up comedy não era uma arte suficientemente digna para o Teatro Aberto.
Agora correm o risco de fechar porque não têm mama do Governo para fazerem peças dignas?

Loading...