Aquando da audiência em tribunal, na qual Teresa Guilherme está a ser acusada de escravizar motorista, fez-se a saber-se que a casa na Biscaia da apresentadora foi assaltada.

Quem deu a conhecer a história foi um dos seus funcionários que, numa sessão bastante atribulada e repleta de acusações de parte a parte, foi testemunha nos processos judiciais aplicados a Teresa Guilherme.

O funcionário demitiu-se na presença da juíza de todos os presentes, entregando à advogada de Teresa Guilherme as chaves que tinha em sua posse. Isto após suspeição sobre os funcionários da casa que foi assaltada.

“Disse que já não queria trabalhar mais para ela. Ela reagiu mal, abriu os olhos porque não estava à espera. Eu estou consciente do que fiz hoje, porque já não aguentava mais. Mas também não mandei dizer por ninguém, disse-lho na cara ‘eu não trabalho mais para si’ e entreguei-lhe as chaves da Biscaia, que era o comando e a chave do portão pequenino, que é para não dizerem, como tentaram assaltar a casa, que era eu que ia lá roubar.

Agora perdi a vergonha e disse-lhe que não queria mais em frente a toda a gente, entreguei as chaves de casa dela. O tribunal não queria ficar com as chaves e foi a advogada dela que ficou com as chaves de casa dela para eu me livrar de responsabilidades”, revelou à revista TV 7 Dias.

Também vais gostar destes:
Teresa Guilherme com processo em tribunal por escravizar motorista.
A verdadeira razão pela qual Teresa Guilherme não vai apresentar o Secret Story.

Exausta com a exposição pública e do escrutínio da comunicação social sobre o assunto, Teresa Guilherme, à porta do Tribunal ameaçou um fotógrafo, dizendo que lhe ia fazer “a vida negra.”

Loading...