A infecção urinária é um dos problemas de saúde mais comuns que afectam a população mundial.
Acredita-se que uma em cada duas mulheres desenvolverá esse tipo de infecção em algum momento da vida.
Ou seja, metade delas.
Se já tiveste uma infecção urinário, certamente conheces bem o problema.
Ele começa com uma necessidade frequente de ir à casa de banho.
A pior parte é a sensação de queimação terrível que se sente na bexiga ou uretra.
As infecções urinárias são tratadas com antibióticos, às vezes até com uma dosagem muito exagerada.
Mas o facto é que este é um problema muito sério que não pode ser negligenciado.
Vai imediatamente ao médico se suspeitares de que estás com uma infecção urinária.
Como reforço do tratamento médico, e se a doença não estiver muito avançada, podes usar um remédio caseiro super simples e ao mesmo tempo muito eficiente.
Falamos do bicarbonato de sódio.
A ação do bicarbonato é muito efectiva porque o que ele faz é simplesmente alterar o pH da urina e torná-lo menos ácido.


E nesse ambiente menos ácido as bactérias responsáveis pela infecção não conseguem se desenvolver.
O bicarbonato contra infecção urinária é um remédio muito antigo. Ele não só serve para combater, como age como um forte preventivo.
Essa ação preventiva é muito importante, pois é comum entre as pessoas que tiveram infecção urinária voltar a ter o problema.
Ou seja, se já tiveste o problema deves consumir bicarbonato de sódio regularmente, pois isso vai praticamente zerar o risco de ter infecção urinária.
O tratamento é simples:
Num copo com 200 mL de água, adiciona uma colher (chá) de bicarbonato de sódio.
Depois, acrescenta umas gotinhas de limão.
Bebe imediatamente.
Faz isso em jejum ou com o estômago vazio ao menos duas horas antes de uma refeição.
Consome este remédio por sete ou mais dias seguidos se for para tratar uma infecção já instalada.
Se for para prevenir, consome por no máximo 15 dias.
Dá uma pausa de duas semanas e retoma por mais duas.
Sabea por que isso?
O consumo excessivo de bicarbonato de sódio pode causar alcalose, que é quando o sangue se torna excessivamente .