A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) decidiu meter o automático e enviar até agora 18 cartas a uma utente do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Uma jovem, residente no concelho de Odivelas, nem queria acreditar quando o carteiro lhe colocou 9 cartas no correio numa semana e na semana seguinte mais 9!

Nunca recebi tanta carta em toda a minha vida. Nem mesmo da companhia da água e da luz me enviam tantas cartas se ficar sem pagar”, ironiza “Maria”, nome fictício.

Depois do “choque” inicial, a jovem foi abrindo as cartas e percebeu que todas tinham o mesmo conteúdo : “A Administração de Saúde Lisboa e Vale do Tejo está a realizar o programa de Rastreio de Retinopatia diabética.

O exame periódico aos olhos é uma medida preventiva simples e gratuita para despiste de complicações oculares causadas pela diabetes.” e prossegue: “Caso se verifique qualquer anomalia beneficiará do tratamento adequado

Tendo em consideração que a consulta apenas se irá realizar no dia 22/11/2017 e ainda vamos no mês de Setembro, “Maria”  refere já ter realizado o “desentupimento” da sua caixa postal, para as próximas cartas que suspeita estarem a caminho.

Mesmo sendo um episódio caricato que lhe causou algum susto, já que num primeiro impacto colocou a hipótese de poder estar com alguma doença grave, a jovem já decidiu o que vai fazer com as cartas:

Também vais gostar destes:
A linha branca do peito de frango tem um significado importante para a nossa saúde.
O número de linhas no nosso pulso diz muito sobre a nossa saúde.

Vou guardá-las. Ainda fico incrédula a olhar para o monte, mas também não vou mandá-las fora”, explica “Maria”.