Ser amigo no facebook, não te faz ser amigo na vida. O mundo precisa de amizades baseadas em afectos reais.

O mundo precisa de amizades baseadas em afectos reais.

Conhecer alguém é além de saber a data de nascimento, em que cidade nasceu e sobrenome. É além de conhecer os pais e irmãos, de passar dia e noite ao lado da pessoa. Nós erramos – e muito – ao dizer que conhecemos alguém que, às vezes, sabemos apenas alguns detalhes vistos em alguma rede social ou escutado em algum canto.

Nós, infelizmente, perdemos a mania de dizer o que realmente sabemos, sentimos e de usar as palavras ideais para isso. Por exemplo, eu gosto, mas digo que amo. Fiquei triste, mas digo que chorei. Eu vejo de longe, mas digo que conheço. Temos muitas consequências por isso, não no momento, mas num futuro próximo, talvez. Aumentamos e inventamos sentimentos que, muitas vezes, não existiram ou aconteceram. E sentimento é coisa boa, mas nunca deu certo com mentira, pois são opostos e quando colocados sobre a mesma mesa, coisa boa não vira.
Falhamos muito também em pensar que conhecer alguém é simples. Mas não, vai além de saber coisas da vida quotidiana ou factos sobre a pessoa. Conhecer alguém é muito mais do que saber pela boca dos outros, de escutar no ponto de autocarro ou ouvir os vizinhos a comentar. Na verdade, conhecer alguém é ter uma relação intima. Sabes, de conhecer a alma um do outro e convidá-la para tomar um café, e, posteriormente, sentir-se em casa.

Não digas que conhece se não tens um contato próximo com a pessoa. Conhecer não é apenas saber de quem se trata. Conhecer é, acima de tudo, entender, compreender e fazer parte da vida de alguém.

Também vais gostar destes:
Amizade entre homem e mulher existe sim.
Amor é troca, amor é amizade, amor é confiança!

Digo mais: ser amigo no Facebook, não te faz ser amigo da vida. Ter um contato no WhatsApp, não te faz ser próximo o suficiente para manter uma relação.

Então, diz algo só quando realmente souberes do que estás a falar. Não digas ou comentes sobre pessoas e assuntos que não sabes, pois isso tudo tem um nome: cusquice. Procura conhecer mais as pessoas e mantenha uma amizade baseada em fatos reais, não virtuais. O mundo precisa disso: amizades baseadas em factos e afetos reais.

Artigos Relacionados

Últimas

Panelo confessa que está apaixonado por Margarida Castro e esquece-se do microfone ligado.

Panelo confessou que está apaixonado por Margarida Castro e esqueceu-se do microfone ligado. Panelo e Gabriel Sousa, desafiando as normas, optaram por um passeio...

Cristina Ferreira paga balúrdios para dormir em castelo.

Cristina Ferreira pagou balúrdios para dormir em castelo. A apresentador investiu uma quantia significativa, variando de 1490 a 2290 euros. A experiência consistiu nua estadia...

A Ferver

Panelo confessa que está apaixonado por Margarida Castro e esquece-se do microfone ligado.

Panelo confessou que está apaixonado por Margarida Castro e esqueceu-se do microfone ligado. Panelo e Gabriel Sousa, desafiando as normas, optaram por um passeio...

Cristina Ferreira paga balúrdios para dormir em castelo.

Cristina Ferreira pagou balúrdios para dormir em castelo. A apresentador investiu uma quantia significativa, variando de 1490 a 2290 euros. A experiência consistiu nua estadia...