Mãe de cão também é mãe e um estudo vem esclarecer de vez essa questão. Segundo uma pesquisa realizada pela universidade japonesa Azabu, existe um vínculo especial entre o homem e o  seu melhor amigo.

Esse vínculo é construído a partir de um processo hormonal ativado quando se olham, que funciona de maneira muito semelhante ao que se dá entre mãe e filho.

É que esse olhar dispara tanto no cão quanto no seu dono os níveis de ocitocina no cérebro, hormona relacionada à conduta paternal e maternal. A ocitocina actua também como neurotransmissor no cérebro e tem um papel importante no reconhecimento e estabelecimento de vínculos sociais, assim como na formação de relações de confiança.

Para realizar a pesquisa, os cientistas colocaram vários cães com os donos num quarto, e analisaram cada interação entre eles durante 30 minutos. Depois, mediram os níveis de ocitocina tanto na urina dos cães como na dos donos, e descobriram que o contato visual constante entre eles elevava os níveis da hormona nos cérebros de ambos.

Numa segunda experiência, os pesquisadores passaram ocitocina nos focinhos de alguns cães e colocaram-os num quarto com os donos e alguns desconhecidos.

Amor entre cães e donos
Amor entre cães e donos

A resposta nos animais foi que eles passaram mais tempo olhando para os donos, o que após meia hora, fez com que os níveis de ocitocina crescessem também nos donos.

Também vais gostar destes:
Animais de estimação já podem visitar os seus donos nos hospitais.
Os cães amam os seus donos como se fossem das suas famílias, diz estudo!

O MESMO MECANISMO DE CONEXÃO, BASEADO NO AUMENTO DA OCITOCINA AO SE OLHAREM, QUE FORTALECE OS LAÇOS EMOCIONAIS ENTRE MÃES E SEUS FILHOS, AJUDA A REGULAR TAMBÉM O VÍNCULO ENTRE OS CÃES E OS SEUS DONOS”, CONCLUIU O ESTUDO.