Lá dizem os velhos ditados populares “Para morrer basta estar vivo” e “Uma pessoa prevenida vale por duas”. Estes dois conhecidos ditados populares aplicam-se na perfeição ao tema que hoje aqui vamos abordar e está relacionado com a aspirina
Trata-se de um importante alerta que tem salvado imensas vida e a tua ou a minha podem ser a próxima.

Alerta do Dr. Enio Buffolo (cardiologista):

Quando publiquei estes conselhos no meu site, recebi uma enxurrada de e-mails, até mesmo do exterior, a dizer que isto lhes serviu de alerta.
E de que fala o doutor Enio Buffolo? Muito simples. Este cardiologista fala de ataques cardíacos e aconselha a todos as pessoas a terem sempre junto de si Aspirinas, seja na carteira, no carro, mas principalmente junto da cama.
Existe algo muito importante que deves saber sobre os ataques cardíacos!
O sintoma mais conhecido do princípio de um ataque cardíaco é a dor no braço esquerdo, mas existem outros sinais muito alarmantes que deves estar atento.
Também são bastante frequentes sintomas tais como: dor intensa no queixo, náuseas e suores abundantes. É também provável não se sentir qualquer tipo de dor no peito, no início do ataque cardíaco.

Estudos apontam que 60% das pessoas que tiveram um ataque cardíaco durante o sono não se levantaram da cama, apesar de que a dor no peito pode nos acordar até do sono mais profundo.
Caso te aconteça uma terrível situação destas e tenhas a Aspirina por perto poderás salvar a tua própria vida ou de quem está junto de ti e amas.

Deves proceder da seguinte forma:
Dissolver 2 Aspirinas na boca e engolir com um pouco de água. De seguida liga de imediato o número de emergência o 112 e informa que estás a ter um ataque cardíaco, indica também que tomaste duas Aspirinas. Deves permanecer sentado numa cadeira ou sofá, mas jamais te deites.
Enquanto aguardas a chegada da ambulância com o socorro vai forçando e tenta tossir de 2 em 2 segundos. Ao forçares a tosse ela obriga o coração a trabalhar.
JAMAIS TE DEITES ATÉ AO SOCORRO CHEGAR!
Partilha com o máximo de pessoas que consigas.
Poderás estar a salvar pelo menos uma vida e não há preço que pague um acto desses!


 
Partilha