Já falamos em outros posts sobre a importância de eliminar toxinas do corpo. Além de ajudar a emagrecer, alivia sensações ruins (como gases) e evita uma séries de doenças.

Com a receita desta poderosa bebida laxante, podes desintoxicar o fígado e todo o sistema digestivo. Trata-se de um remédio natural e sem contra-indicações. Deves consumir a bebida à noite antes de ires para cama.

A aparente desvantagem de um laxante natural e saudável é que ele não tem feito imediato. No entanto, isso é necessário para que o corpo se limpe e absorva os nutrientes saudáveis dos ingredientes.

O laxante natural que ensinaremos a fazer é bom para quem sofre com prisão de ventre e indigestão. Durante o tratamento, não deixes de comer alimentos saudáveis. Faz o tratamento durante dois dias consecutivos. Podes repetir mensalmente.

À medida que o corpo se fortalece e o fígado se limpa, as propriedades laxantes da bebida começam a dissolver as toxinas aderidas às paredes intestinais e ela impedirá que a gordura consumida durante o dia seja absorvida pelo corpo e armazenada.

INGREDIENTES
1 punhado de salsa picada
1 limão (o suco espremido na hora)
1 colher (sopa) de vinagre de maçã
1 colher (sopa) de mel puro
1 colher  (chá) de gengibre fresco ralado ou 1/2 colher (chá)  de gengibre em pó
1/2 colher (chá) de canela em pó
500 ml de água filtrada

MODO DE PREPARAÇÃO
Pica a salsa o máximo que puder.
Em seguida, espreme o sumo de limão e, numa jarra, mistura todos os ingredientes.
(Não é para liquidificar!)
Substitui o jantar por esta bebida, mas faz isso uma hora antes de te deitares, pelo menos.
Não comas nada depois de beber o laxante.
Por precaução, devido ao uso de canela e gengibre, hipertensos não devem consumir esta receita.

Também vais gostar destes:
Toma esta bebida e vais-te impressionar com a surpreendente perda de peso.
Bebe meio copo desta bebida e a tua imunidade subirá às alturas!

Vê algumas observações sobre o tratamento:
– Evita o consumo excessivo de laxante, ainda que seja natural.
Caso contrário, pode prejudicar a flora intestinal, produzindo diarreia ou dificuldade em absorver nutrientes.
–  É normal sentir cólicas e desconforto durante o tratamento.
Isso é sinal de que os resíduos estão em movimento.
– Consome bastante água (alcalina, de preferência) vegetais, frutas, grãos integrais, aumentando a ingestão de fibras.