Durante 28 dias Pedro Dias, o homem mais procurado em Portugal esteve fugido das autoridades e escondido em diversos locais.

Considerado pela Policia Judiciaria como um homem perigoso Pedro Dias foi procurado em Portugal e além-fronteiras e muitas pistas falsas vieram a público. Após os longos 28 dias de fuga Pedro Dias resolve entregar-se às autoridades de uma forma pouco vulgar. Uma equipa de reportagem da RTP acompanhou em direto a detenção do homem mais procurado do país.

Muitos se perguntaram o porquê de uma detenção tão mediatizada algo pouco visto em Portugal.

Mónica Quintela, a advogada de Pedro Dias vem trazer algumas repostas em entrevista à TVI e afirma mesmo que temeu pela própria vida.

“Podíamos ter sido todos abatidos lá dentro”

A advogada referia-se em concreto a Pedro Dias aos jornalistas e à própria equipa de advogados do suspeito.

Nesta entrevista à TVI Mónica Quintela revela todos os detalhes da preparação para que fosse possível Pedro Dias se entregar em segurança.

Também vais gostar destes:
– ATENÇÃO: Falsos policias atacam condutores na zona de Lisboa.
– Polícia suspeita de assassinato a criança após beber leite achocolatado.

“A entrega passou por eu levar dois jornalistas da minha confiança. Eu precisava que essa entrega fosse salvaguardada, para que não houvesse quaisquer possibilidades de haver localização e que as forças de segurança entrassem e começassem a disparar”. Afirmou Mónica Quintela.


 

Partilha