Uma cadelinha a viver em canil reconheceu os donos dois anos depois. Quando Pakita chegou pela primeira vez ao canil El Arca Animal Partido de Mar Chiquita, na Argentina, a equipa ouviu que ela foi encontrada maltratada e abandonada na rua.

Pakita foi recebida de braços abertos pelos voluntários do centro, incluindo a voluntária Silvia Ferreyra, mas sentia-se muito sozinha e deprimida. As chances de ela ser adoptada diminuíam com o passar dos dias e dos meses.

cadelinha-viver-em-canil

Pakita estava sempre a olhar para o chão ou virava a cabeça na hora em que eles tentavam tirar uma foto sua. Mas eles foram capazes de tirar uma foto que ficou boa o suficiente para postar na internet por forma a que ela fosse adoptada.

cadelinha-viver-em-canil

“Imediatamente, recebemos uma mensagem de uma mulher a dizer que aquela cadela era do seu filho e que ele estava a procurar por ela!”, Silvia diz ao The Dodo.

A mulher disse que o filho, Ariel Naveira, pensou que nunca mais fosse ver Pakita novamente.

O filho chegou ao canil para ver se Pakita era realmente a sua cadela. Obviamente, Pakita também precisava mostrar de forma convincente que Naveira era, de facto, o seu dono.

Quando eles trouxeram Pakita para o seu dono, ela não estava segura de quem ele era e escondeu-se atrás das pernas de um voluntário e farejou ao redor cautelosamente.

Ela começou a reconhecer um cheiro familiar e podes ver o exacto momento em que ela percebe quem Ariel é. É um momento realmente lindo!

cadelinha-viver-em-canil

Também vais gostar destes:
Os animais mais felizes para te alegrar o dia.
A compaixão pelos animais está intimamente ligada a bondade de carácter.

Vê por ti mesmo a reunião no vídeo abaixo =)

FONTENewsner

Partilha
Loading...