Casal viveu em tenda por meses e sente-se renascido ao oferecerem-lhe uma casa.

Casal viveu em tenda por meses e sente-se renascido ao oferecerem-lhe uma casa. João Mendes e Danielle Araújo já não residem numa tenda em Carcavelos.

Após a sua história ter sido amplamente divulgada através da CMTV, conseguiram assegurar uma habitação e emprego no Algarve. Este casal conseguiu escapar da situação precária em que muitas famílias portuguesas se encontram devido à crise habitacional. Muitas famílias enfrentam a falta de habitações acessíveis ou a incapacidade de pagar empréstimos.

O reencontro do CM com João Mendes e Danielle ocorreu nas primeiras horas da manhã, enquanto desmontavam a tenda que lhes servira de abrigo contra o frio e a chuva durante meses na Quinta dos Ingleses, em Carcavelos.

A tristeza que os havia atormentado transformou-se em pura felicidade pouco depois da divulgação da sua história no programa ‘Investigação CM’ da CMTV: “Foi graças ao povo português e à CMTV que conseguimos dar a volta e deixar para trás o pesadelo que nos atormentava. Sentimos como se tivéssemos renascido após nos terem oferecido um teto e emprego“, revelou um emocionado João Mendes.

A vida deste casal ganhou um novo rumo em Faro. Agora, com um teto sobre suas cabeças, Danielle Araújo traça o próximo objetivo: “O facto de não termos uma casa custou-nos a guarda dos nossos filhos, mas a partir de agora vamos lutar para tê-los de volta.”Os seus dois filhos mais novos permanecem no Centro de Acolhimento de São Francisco de Assis, em Carcavelos.

João e Danielle representam apenas dois exemplos das dificuldades enfrentadas por milhares de portugueses em busca de habitação digna. O número de pessoas vivendo em tendas e abrigos improvisados tem vindo a aumentar, inclusive na freguesia de Arroios, em Lisboa: “Nos últimos seis meses, o número de tendas aumentou em mais de 70. A situação é muito grave, e conseguimos identificar muitos casos de pessoas que perderam as suas casas”, revelou Luís Castro, presidente da Associação dos Vizinhos de Arroios.

Na freguesia, apesar do seu tamanho reduzido, a proliferação de “condomínios de lona” tem intensificado o clima de insegurança e falta de higiene. Um residente da freguesia que optou por manter o anonimato, temendo represálias, desabafou com o CM: “Sentimo-nos abandonados pela autarquia e pela PSP. O número de tendas continua a aumentar, e elas só trazem violência e falta de higiene.”

A história de João Mendes e Danielle teve um desfecho feliz depois de meses a viverem numa tenda, mas infelizmente, nem todos os casos terminam da mesma forma. A crise habitacional continua a crescer, resultando num número cada vez maior de pessoas sem um teto sobre as suas cabeças. Este é o tema do programa ‘Investigação CM’ desta noite, que pode ser assistido na CMTV.

Casal viveu em tenda
Casal viveu em tenda

Artigos Relacionados

Últimas

Comovente! Fanny Rodrigues cumpre sonho de menina ao lado de Tony Carreira: “Pessoa que me diz muito…”

Fanny Rodrigues cumpriu um sonho de menina ao lado de Tony Carreira. Após um período de férias, ela regressou com entusiasmo ao 'Somos Portugal',...

David Maurício fotografa o que “deveria ter acontecido”.

David Maurício fotografa o que “deveria ter acontecido”. Após a sua saída do "Big Brother 2024", ele provocou um burburinho nas redes sociais ao...

A Ferver

Comovente! Fanny Rodrigues cumpre sonho de menina ao lado de Tony Carreira: “Pessoa que me diz muito…”

Fanny Rodrigues cumpriu um sonho de menina ao lado de Tony Carreira. Após um período de férias, ela regressou com entusiasmo ao 'Somos Portugal',...

David Maurício fotografa o que “deveria ter acontecido”.

David Maurício fotografa o que “deveria ter acontecido”. Após a sua saída do "Big Brother 2024", ele provocou um burburinho nas redes sociais ao...