Coisas boas acontecem o tempo todo e em todo lugar.

Eu trago boas novas!

Em algum lugar, neste exato momento, centenas de crianças estão a rir e a brincar felizes num parque de diversão. Muitos casais trocam juras de amor. Milhares de bebés estão alimentados e aconchegados no colo das suas mães.

Algumas pessoas acabaram de receber uma bolada em dinheiro. Inúmeros pacientes estão a ter alta nos hospitais e muitos acabaram de saber que estão definitivamente curados! A maioria dos teus amigos está em casa a assistir tv tranquilamente e outra grande parte, trabalha honestamente nos seus escritórios.

Sem nenhum exagero, falo do qoutidiano, da vida como ela é!
Ocorre que essas coisas não são alardeadas pela mídia, porque não chamam a nossa atenção, e consequentemente não geram lucro. Enquanto isso, notícias de catástrofe, guerras, doenças e violência despertam o nosso instinto de sobrevivência e imediatamente conectam-nos aos pensamentos negativos de forma imediata.

As desgraças despertam curiosidade por serem uma ameaça. Os meios de comunicação exploram a fragilidade humana estimulando a sensação de insegurança e garantem assim, maiores índices de audiência.

Pela divulgação em massa desse tipo de conteúdo, a mídia tem o poder de construir uma realidade aterrorizante.

Evidente que não podemos negar que vivemos numa sociedade violenta, mas não podemos considerar que tudo e todos possam ser ameaças.
É preciso vigiar os nossos pensamentos para que vibrações de amor e alegria sejam propagadas.

Não podemos deixar que nos façam esquecer que somos os promotores do bem-estar à nossa volta. Temos que lembrar que existem muitas pessoas a trabalhar para o bem e que a paz pode ser estabelecida a partir das nossas atitudes.

Vamos filtrar as informações e estabelecer o equilíbrio, conectando-nos com as coisas maravilhosas que também acontecem o tempo todo.
E só assim, vamos melhorar o nosso estado mental, restabelecer o nosso equilíbrio emocional e aprimorar a nossa relação com os outros.

Também vais gostar destes:
Diário de uma paixão: quando o amor resiste, persiste e vence.
Fica solteiro/a até aparecer a pessoa que fará o amor te parecer a coisa mais fácil do mundo.

Escolhe vibrar dentro do mundo em que queres existir.

Vamos promover as boas notícias!

TEXTOCristina Hare
FONTECristina Hare

Partilha