Mulher nunca desiste, ela cansa-se!

Mulher nunca desiste, cansa-se.
A gente tem essa coisa de ir até o fim, esgotar todas as possibilidades, pagar para ver.
A gente paga mesmo. Paga caro, com juros e até em parcelas. Mas não tem preço sair de cabeça erguida, sem culpa, sem ‘E se’ !
A gente completa o percurso e às vezes fica até andando em círculos, mas quando a gente muda de caminho, meu amigo, é fim de jogo para ti.
Enquanto a gente aborrece com ciúmes e saudades, pára de reclamar e agradece a Deus! Porque no dia em que a gente aceitar tranquilamente dividir-te com o mundo, a gente não ficou mais compreensiva, a gente parou de se importar, já eras.

Quem ama, cuida! E a gente cuida até demais, mas dar sem receber é caridade, não carinho! E estamos numa relação, não numa sessão espírita. A gente entende e respeita a tua forma de ser, desde que tu supras pelo menos o mínimo das nossas necessidades, principalmente emocionais, porque carne tem em qualquer esquina.

Também vais gostar destes:
Como fazer um homem feliz VS Como fazer uma mulher feliz!
Nomes das 20 mulheres que nunca deixarão que lhes façam a folha!

Vocês nem sempre sabem, mas além de peito e rabo, a gente tem sentimentos, quase sempre à flor da pele. Somos damas, somos dramas, acostumem-se.
Mulher não é boneca inflável, só tem quem pode! Levar muitos corpos para cama é fácil, quero ver é aguentar e conquistar corpo e alma, até o final.

A diferença entre casar e morar juntos…

Entre casar e morar juntos existe uma diferença. Não tem nada a ver com o teu status no cartório. Tem a ver com entrega. Podes casar com todas as honras. Dar uma festa linda. Gastar os tubos na Lua de Mel. Podes até com o marido para um apartamento lindo, pronto, decorado, cheio de almofadas em cima da cama…

A diferença
Vocês podem ter casado – mas vão demorar muito para saber o que é morar juntos. Acho que existem casais que se casam com pompas, e nunca talvez tenham realmente morado juntos. Morar juntos é saber dividir. Saber cobrar. Saber ceder. Saber doar. Morar juntos é dividir as contas e as almas. Morar juntos é ter um pilha de louça para lavar, depois de um dia terrível de 10 horas de trabalho.
E o outro cantar contigo para que, num karaoke com detergente, o trabalho se torne divertido.  Morar juntos é tomar banho juntos. Transformar o chuveiro numa cachoeira. Morar juntos é ouvir onde dói no outro. Do que ele sente medo. Onde ele é criança.
A diferença de casar e viver juntos é enorme!

O que o deixa frágil. Morar juntos é poder chorar sem parar. E ser ouvida. E cuidada. Mas é também rir. E achar graça em alguma coisa, quando o outro está para baixo. Morar juntos é fazer contabilidade de frustrações, e saber quando não colocar na conta do outro. Morar juntos é demorar para levantar. Morar juntos não precisa de uma casa, e sim de um espaço. Quem mora junto geralmente é solidário. Casar não. Qualquer um casa. Para casar basta assinatura e champanhe. Casar leva umas horas.

Também vais gostar destes:
Prefiro estar solteira, mas a teu lado!
Existe sim vida na solteiridão! E das boas.

Morar juntos leva tempo. O tempo todo. Quando moramos juntos vemos o cabelo dele crescer e ela cortar uma franja. Quando moramos juntos viramos adultos aos poucos, dando um adeus doído ao adolescente que éramos. Quando moramos junto mudamos juntos. E o outro vira um outro diferente com os anos. E nós vamos aprendendo a amar aquela nova pessoa, todos os dia.
Até o dia que, talvez, deixemos de morar juntos.

A fruta que acaba com o cancro em poucos minutos!

Há muitos anos que cientistas e investigadores, em todo o mundo, procuram a cura para a temível doença que cada vez mais mata, não olhando a classe social nem estatuto a nível financeiro e ao que dizem por aí a fruta que acaba com o cancro em poucos minutos!
Centenas de milhares de milhões de euros são gastos em tratamentos penosos para o doente e, infelizmente, nem sempre trazem os melhores resultados acabando muitas vezes com a morte após meses de esperança nos tratamentos de quimioterapia e radioterapia.
Esses dias poderão estar prestes a chegar ao fim com este fruto milagroso.
Fontainea picrosperma é o nome científico escolhido para batizar o fruto que cresce apenas no norte da Austrália. Uma equipa de investigadores numa exploração no norte da Austrália observaram os animais daquela zona a comerem este fruto delicioso mas o caroço era de imediato cuspido o que chamou a atenção os investigadores que logo decidiram investigar o porque de o caroço não ser comido também.
Acaba com o cancroEm colaboração com o reputado Instituto Berghofer, foi extraído um preparado do caroço, que recebeu o nome científico de EBC-46
2De imediato, os investigadores descobriram que este preparado tem características e efeitos muito especiais. Especialmente em trabalho conjunto com oncologistas foram encontrados resultados fabulosos. Este cão, com um grave tumor, foi tratado com este preparado. O resultado final foi maravilhoso. Apenas 15 dias depois do tratamento o tumor quase desapareceu! A velocidade com que o tumor foi diminuindo de tamanho foi o que deixou os médicos mais boquiabertos. As mudanças foram visíveis em apenas 5 minutos. Normalmente, um tumor começa a reduzir de tamanho após várias semanas de tratamento. Mas, por incrível que pareça este remédio faz isso imediatamente!


4
Uma voluntária ofereceu-se para o primeiro teste em seres humanos. Martina Toso teve um melanoma retirado da sua pele e foi submetida a um tratamento complementar com o preparado EBC-46. Desde então, ela está livre de cancro. Formidável!
5O melanoma de Martina após o tratamento desapareceu. O efeito do EBC-46 limita-se ao estágio de cancro, no qual ainda não há metástase e o tumor não está espalhado.
Para isso o preparado ainda precisa ser melhorado. Mas a verdade é que acaba com o cancro.

Também vais gostar disto:
Algo que fazemos diariamente pode originar cancro nos olhos. CUIDADO!
Conhece os 7 sintomas que podem indicar cancro do pulmão!

Finalmente, a humanidade pode estar perto do fim do pesadelo e dos arrepios que só nome CANCRO causa.
A batalha ainda está longe do fim, porque a temível doença existe em vários níveis de gravidade, o que para já é um entrave há cura total dos pacientes.
Mas, a esperança existe e ganha forma a cada dia que passa.
6

Hoje, foste embora!

Hoje foste embora, prometeste amar-mepara sempre mas tudo mudou, por vezes os sentimentos são mesmo assim, o meu amor por ti nunca acabou mas infelizmente o teu chegou ao fim e hoje foste embora, foste embora sem sequer olhar para trás, bateste a porta e desististe de nós e de mim, na nossa história marcaste um fim.
Hoje mesmo magoada e com esta dor, não vou correr atrás de ti e implorar que voltes, não vou implorar que me dês o teu amor, carinho e atenção, não, por muito que me custe não vou fazer isso, tu tomaste a tua decisão e agora só espero que sejas feliz.

E não, não te preocupes, eu não te guardo nenhum rancor, sei que ainda é muito cedo mas eu vou superar esta dor e ainda vou ser muito feliz no amor.

A parte de mim que não conseguiste roubar.

A parte de mim que não conseguiste roubar… Admite, quando me descartaste sentiste-te o maior dos homens, mais divino que Deus. O orgulho era tanto que fizeste questão de frisar por todo o lado onde passaste que foste tu que não me quiseste mais e não ao contrário, deixando convenientemente de parte todas as razões pelas quais o nosso amor acabou bem antes da nossa relação. Sempre tiveste esse hábito e não sei como é que pensei que tencionasses fugir à regra por respeito aos anos que partilhámos. Estupidez a minha achar que tinhas uma ponta de decência em ti. Tudo o que tinhas de ter feito era fechar a boca. Porque homem que é homem não fala sobre as mulheres com quem está, sejam elas duzentas ou só uma, dure uma noite ou uma vida. Mas realmente a culpa é minha por esperar demais de ti; um homem que não respeita a própria mãe não consegue respeitar ninguém.

Naquele dia deixaste-me completamente sozinha e só te lembraste de me perguntar se estava bem dias depois quando eu estava mais do que dormente no meio do bairro alto às três da manhã com uma amiga e uns desconhecidos quaisquer. Mesmo com um ou outro espaço por preencher, lembro-me perfeitamente dessa noite. Tanto chorava como ria. Que figura de otária a minha. Por essa altura eu ainda lamentava a tua ausência como se fosse uma perda e precisava de uma mensagem tua como um drogado precisa de droga, mas as coisas mudaram tanto desde então. Mudaram porque eu mudei. Porque eu decidi mudar.

Ou melhor, decidi redescobrir-me ao descobrir a parte de mim que não conseguiste roubar. E sabes que mais? Gostei bastante dela!

Descobri que adoro escrever e que nunca o fiz publicamente porque estar ao teu lado não me dava a coragem que estar apaixonado deve dar. Descobri que consigo chegar exactamente onde quero chegar e que estava a abandonar os meus sonhos para tu poderes realizar os teus.
Descobri que tenho um sorriso capaz de fazer sorrir qualquer um que tenha a mínima vontade de o fazer e que eras tu que tinhas tanta podridão no interior que nunca na vida te iria conseguir entusiasmar com pequenos gestos ou grandes surpresas. Descobri que nunca deixei de ter uma paixão gigante por ver o mundo, só estava tão insegura de nós (tu eras o santo e eu era a maluca, lembras-te?) que me era impossível dar um único passo sem a sensação aterradora de que te ias embora mal eu virasse as costas. No fundo, descobri que tenho valor. É difícil de acreditar, eu sei.

Também vais gostar destes:
Tu partiste e levaste parte de mim contigo.
Não te esqueças de mim!

Eu própria também me debati com a ideia de que eu pudesse ter valor depois de me teres dito tantas vezes que não tinha. Mas, para mal dos teus pecados, é verdade. Eu tenho valor. Realmente quem era uma merda eras tu.

10 sintomas que nos alertam sobre uma possível depressão…

Uma possível depressão é um dos diagnósticos mais frequentes nas consultas de atenção primária, um transtorno do estado de ânimo que paralisa as vidas e atrapalha a felicidade.

Pressão no trabalho, sensação de solidão, problemas familiares, falta de espaço pessoal e de qualidade de vida…

Os factores que determinam uma possível depressão são vários, além de serem muito pessoais.

Devemos lembrar que nenhuma depressão é igual, e que nem todas as pessoas processam as emoções e os problemas da mesma maneira. Assim, na hora de tratar uma depressão, precisamos de diversas áreas: terapias, suporte farmacológico, apoio social e, acima de tudo, uma clara vontade pessoal de superar esta dificuldade.

Sintomas de uma possível depressão
Há uma informação importante que é transmitida por muitos profissionais de saúde: a depressão nunca é fácil de diagnosticar, já que, em algumas ocasiões, se confunde com outras doenças secundárias. Normalmente os médicos de cuidados primários têm pouco tempo para chegar a um diagnóstico, e muitas vezes concentram-se mais nos sintomas, como dor de cabeça ou insónia, do que na autêntica realidade subjacente: a depressão.

Por isso é fundamental que nós mesmos sejamos conscientes do que está a ocorrer. O desânimo, a tristeza ou a frustração muitas vezes apresentam-se juntos com doenças psicossomáticas, efeitos secundários de um problema emocional que não foi tratado de forma eficaz. Dessa forma, tenha em mente os seguintes sintomas. Se te identificares com 4 ou mais deles, poderíamos estar a falar de um indício de depressão.

1. A insónia
Não falamos de uma insónia temporária, mas sim de algo crónico que nos impeça de recuperar forças, que faça com que nos levantemos cansados e desanimados. É comum recorrer a soníferos para encontrar o descanso, mas o normal é que seja difícil pegar no sono quando nos deitamos porque há algo que nos preocupa.

2. Alterações no apetite
Notas que comes por ansiedade? Ou talvez sejas daqueles que perderam completamente a vontade de comer? Algumas pessoas ganham peso sem saber por que, enquanto outras caem em perigosos estados de anorexia que escondem, na realidade, uma depressão.

3. Pensamentos obsessivos
Algumas ideias simplesmente não desaparecem da nossa mente. Perguntas, imagens ou recordações das quais não podemos nos livrar. São pensamentos obsessivos que nos enchem de ansiedade e que não podemos controlar. Algo assim gera um grande esgotamento mental e uma grande desesperança.

4. Pensamentos negativos e de culpa
Além de todos estes pensamentos obsessivos, é muito comum cairmos num negativismo muito característico. Vemos tudo pelo lado mais escuro e perdemos a vontade de nos levantar pela manhã. Atormentamo-nos com sentimentos de culpa. Inclusive, é difícil aceitar a ajuda de outras pessoas, e preferimos manter-nos na solidão.

5. Dificuldade de concentração
Estamos ausentes, desconcentrados. Esquecemos de muitas coisas e é muito difícil direcionar a nossa atenção a algo concreto. Sentimos-nos cansados e sentimos ainda mais esgotados quando os outros nos chamam à atenção por nossos equívocos e esquecimentos.

6. Dificuldade para tomar decisões
Sabes que deverias pedir ajuda, ou mais ainda,  és consciente de que o melhor para ti seria enfrentar o que está a acontecer. Entretanto, sentes-te incapaz de fazê-lo. O cansaço físico e mental é tão elevado que não deixa que te entendas contigo mesmo. Sentes-te frágil, incapaz de tomar decisões firmes.

7. O grande cansaço matinal
As pessoas com depressão costumam coincidir num aspecto muito claro: as manhãs são o pior momento do dia. Abrir os olhos e ter que enfrentar uma nova jornada é algo que nos esgota. Sentimo-nos muito lentos e sem nenhuma força para sair da cama.

Também vais gostar destes:
A depressão e a ansiedade não são sinais de fraqueza, mas sim de luta!
Maldita sejas tu depressão!

8. A luz incomoda
A pessoa com depressão prefere estar num cómodo com as cortinas fechadas, onde a luz não seja muito intensa. Preferem a solidão e o recolhimento.

9. Dor física
Enxaquecas, problemas musculares, problemas digestivos, taquicardias, cansaço crónico… todos estes são sintomas psicossomáticos que nos alertam sobre uma possível depressão.

10. Falta de interesse social
Preferem ficar sozinhos a relacionar-se com amigos e até com familiares. Perdeminclusive o desejo pelo companheiro, e é muito difícil ouvir os conselhos dos outros. Têm a sensação de que ninguém os compreender de que ninguém sente o que sentem.
sin

Enfrentar uma depressão
A depressão é enfrentada com coragem e com todas as forças que possas encontrar internamente, aceitando toda a ajuda que, com sinceridade, aqueles que estão ao teu redor possam oferecer. Toma nota:

  • Pensa que tens direito a ser feliz de novo, que deves recuperar a vontade de aproveitar o presente e o futuro. O passado é passado e não existe mais. O importante é o “aqui e agora” e a tua própria felicidade.
  • Uma depressão é superada passo a passo e através de pequenos sucessos quotidianos. Hoje vais sair de casa e passear. Amanhã farás alguma pequena mudança: um novo corte de cabelo, um novo vestido, passar um tempo com alguém. O dia seguinte farás uma mudança maior, inscreveres-te num curso ou estabelecendo um objectivo mais complicado. Dia após dia, irás te sentir melhor se começares a dar pequenos passos com segurança e auto-estima.

Lembra-te de algo importante: Todos temos o direito de cair, mas é obrigatório nos levantarmos.

Mulher vive mais de 80 anos sem cabelos brancos. Descobre como aqui!

Em 1927, uma jovem imigrante da Lituânia, chamada Ann Wigmore e actualmente com 80 anos estava num leito de hospital nos Estados Unidos.
Ela tinha que tomar a mais difícil decisão de sua vida: permitir ou não que os médicos amputassem as suas pernas.
Dias antes, ela havia sofrido um acidente que resultou na fractura de ambas as pernas, logo acima dos tornozelos.
Enfrentando um pai extremamente autoritário e os médicos, ela se recusou a ter as pernas amputadas.
A sua vontade prevaleceu: as pernas não foram amputadas, mas os médicos disseram que nada podiam fazer.
Ela foi levada de volta para casa, onde uma morte lenta e dolorosa a aguardava.
Em 1980, Ann Wigmore, uma jovem senhora, entra, caminhando decididamente sobre pés fortes, na sede da “Humanitarian International Association” para receber o prémio de Mulher da Década (1970-1980) por “Serviços prestados para o Mundo no Campo do Cancro e Outras Doenças Degenerativas”.

A jovem lituana curou a gangrena que devorava o seu corpo, através de banhos de sol e uma alimentação baseada em grama de trigo e ervas frescas, iniciando assim sua jornada no campo da saúde e alimentação.
Anos mais tarde, ela fundou o Instituto Hipócrates e criou os princípios da alimentação viva.
A suas pesquisas resgataram uma alimentação baseada no consumo exclusivo de alimentos crus e orgânicos, tendo como principal fonte de proteína, grãos, sementes e nozes germinados e nos deixando como legado: o maravilhoso Rejuvelac, um poderoso probiótico obtido através da fermentação de grãos, e o suco de grama de trigo (Wheatgrass), com as suas propriedades desintoxicantes.
A extraordinária cura da dra. Ann Wigmore não foi obra do acaso.
80 anos
80 anos
Ela foi consequência de uma poderosa desintoxicação e renovação celular.
E um dos ingredientes-chave desse processo foi o maravilhoso sumo de grama de trigo.
Para teres noção, 7,5 gramas de grama de trigo têm o mesmo valor nutricional de 157 gramas de cenoura,  alface ou aipo.
O stress, a poluição, radiação nociva e alimentos adulterados provocam grande contaminação ao nosso corpo.
Assim, a função desintoxicante da grama de trigo é ainda mais importante nos dias de hoje.
Se andas cansado e desanimado, o sumo de grama de trigo vai ajudar a recuperar a energia e melhorar a tua saúde.
Mas, antes, vê alguns sinais que mostram que precisas limpar toxinas acumuladas no teu corpo:
– Dor de cabeça
– Alergia
– Problemas de pele
– Odor corporal desagradável
– Ingestão
– Flatulência e gases
– Ganho de peso excessivo ou perda de peso
– Prisão de ventre
– Fadiga, falta de concentração, falta de memória
– Depressão
– Envelhecimento prematuro
Se te encaixas em algum desses problemas, v~e como a grama de trigo pode ajudar:

1.�A grama de trigo possui pelo menos 100 elementos importantes ao corpo humano, incluindo os ácidos gordos essenciais, enzimas e a antioxidantes.
2. Por causa da clorofila, a grama de trigo pode eliminar toxinas e metais pesados do corpo.
3. Além disso, a grama de trigo alimento o nosso corpo com vitaminas A, B, B17, C, E, F, K e minerais como potássio, ferro, magnésio e cálcio.
4. Aumenta o número de glóbulos vermelhos, purifica o sangue, estimula o metabolismo do corpo e limpa órgãos, como o fígado – neutralizando as toxinas do corpo.
5. Estimula a glândula tiroide e diminui a acidez no organismo.
A Dra. Ann Wigmore chegou aos 80 anos sem nenhum cabelo branco na cabeça e garante que só conseguiu esse resultado com o sumo de grama de trigo.
O seu consumo regular oferece tantos benefícios que é até capaz de restaurar a cor natural dos cabelos.
Por isso, Wigmore incentivou jovens a beber o sumo de grama de trigo, comprovando que a sua descoberta realmente funcionava.
muCOMO PRODUZIR GRAMA DE TRIGO

1. Coloca de uma a três colheres (sopa) de grãos de trigo (vende-se em lojas de produtos naturais) num vidro e cobre com água pura, sem cloro.
2. Deixa de molho por uma noite.
3. Cobre o vidro com um pedaço de filó e prende com um elástico. Despeja a água e enxágua bem sob a torneira.
4. Coloca o vidro inclinado num escorredor com a boca para baixo e cobre com um pano (o pano é opcional).
5. Enxágua duas vezes ao dia: de manhã cedo e à noite.
Quando os grãos germinarem, faz o seguinte:

1.�Enche uma bandeja com terra vegetal ou algodão humedecido.
2. Espalha os grãos germinados numa única camada e humedece bem.
3. Cobre com um plástico escuro ou com outra bandeja durante três a quatro dias. Se necessário, humedece a terra.
4. Descobre os brotos e expõe à luz do dia, regando delicadamente para que a terra permaneça húmida.
flor
OBSERVAÇÕES:

1. A temperatura ideal para o crescimento da grama de trigo e para evitar mofo é de 21 a 26 graus.
Se o mofo aparecer, planta nova grama de trigo.
2. Podes colher a grama quando ela atingir 20 centímetros.
Expõe a grama de trigo ao sol dois dias antes do corte, de modo a estimular a síntese da clorofila.

Também vais gostar destes:
Aprende as receitas que farão os teus cabelos e sobrancelhas crescerem mais rápido!
Queres ter os cabelos e pele bonitos? Bebe cerveja, diz estudo!
Para o próximo plantio, use novas sementes e terra também nova.
Podes extrair o sumo de grama de trigo usando uma centrífuga ou liquidificador com um pouco de água adicionada.

RECEITA DE COQUETEL DE GRAMA DE TRIGO
Bate os seguintes ingredientes num liquidificador
30 mL de sumo de grama de trigo (extraído antes numa centrífuga ou liquidificador)
1 colher (sopa) de hortelã picada
1 chávena de abacaxi
1 copo de sumo de laranja
Metade de um copo de sumo de limão
Misturar bem e tomar imediatamente.

Remédios naturais para a recuperação da cartilagem do quadril e joelhos!

Uma dieta natural é vital não só para manter as articulações saudáveis, mas também tem um papel crucial na revitalização do quadril, joelhos e coluna vertebral.
A cartilagem é um  um tecido amortecedor que reveste a superfície dos ossos no nível das articulações, protegendo-as.
Ela é muito importante para o movimento das articulações.
É parte de muitas outras estruturas ósseas em humanos, como o nariz, brônquios, ouvidos, peitos, coluna, cotovelos, quadril e joelhos.
Os problemas na cartilagem podem ser causados pelo envelhecimento e doenças degenerativas, como osteoartrite, que geralmente afecta as articulações dos ombros, do pescoço (dificulta o movimento da cabeça e provoca tonturas), quadril, joelhos, mãos e articulações dos pés.

Quadril e joelhos
Quadril e joelhos

Além disso, há outros factores que podem danificar a cartilagem, tais como actividade física excessiva, obesidade ou transporte de cargas pesadas.
Em caso de danos na cartilagem, há vários sintomas que podem indicar essa condição de saúde, como dor ao mover, inchaço e tensão muscular.

Alimentos recomendados para a recuperação da cartilgem

Para a renovação da cartilagem, o consumo de alimentos ricos em vitaminas é uma regra essencial, pois a maior parte da cartilagem com tempo se torna rígida.
Os alimentos ricos em vitamina A e vitamina C estimulam a regeneração da cartilagem dos quadris e dos joelhos.
A vitamina C é crucial para o corpo e, entre outras coisas, estimula a produção de colágeno, que é extremamente importante para a construção de tendões e ligamentos.
A vitamina C encontra-se em vegetais como cebola, alface, pimentão, batata.
E também em frutas como laranja, limão, acerola, uva e amora.
Outra vitamina importante para a saúde da cartilagem é a D.
A vitamina D é absorvida principalmente pela exposição ao sol (sem excessos e de manhã bem cedo, o melhor horário).
Não por acaso, muitos estudos comprovam que a exposição ao sol contribui directamente para melhorar a mobilidade das articulações.

Também vais gostar destes:
Sucesso mundial: Esta receita cura a dor nos joelhos, costas e articulações em menos de 30 dias!
Receita para curar dor nos joelhos, ombros e demais articulações já nas primeiras aplicações!

Os resultados também mostram que é necessário ter uma boa quantidade de vitamina D para se prevenir contra problemas como artrite, reumatismo e osteoartrite..
A gelatina é mais um bom remédio caseiro para a recuperação da cartilagem.
A gelatina é uma fonte muito rica em colágeno, uma substância presente nos tecidos, ossos, tendões, e que participa da (re)construção da cartilagem.
Além disso, contém 10 aminoácidos essenciais, e tudo isso sem gordura nem colesterol.
A quantidade ideal de gelatina é de 5 a 10 gramas por dia.
O consumo regular pode resultar na eliminação completa dos sintomas de problemas nas articulações.
Usa gelatina sem sabor e incolor, ou seja, livre de açúcar e corantes artificiais.
Por fim, o cloreto de magnésio é outro importante nutriente para a restauração da cartilagem.

A beringela ajuda a perder gordura abdominal!

Uma das partes onde mais se acumulam depósitos de gordura é a cintura, tanto nos homens quanto nas mulheres. Mas também é uma das regiões onde podemos reduzi-la com mais rapidez, já que com alguns conselhos de alimentação e alterando hábitos, podemos notar uma grande melhoria.
Neste artigo iremos explicar como a beringela pode ajudar a reduzir a gordura abdominal, bem como fazer algumas sugestões para comê-la de maneira original e deliciosa.

Em especial, iremos explicar no que consiste a cura à base de água de beringela, e uma forma leve de prepará-la à milanesa.
Por que seleccionamos a beringela para nos ajudar a emagrecer e reduzir medidas na cintura?

  • É muito rica em água e fibra, o que faz dela um alimento que proporciona saciedade. Ou seja, iremos nos sentir satisfeitas sem a necessidade de consumir muita quantidade de outros alimentos que engordam mais e, em contrapartida, não saciam tanto.
  • Possui poucas calorias e o corpo gasta mais calorias para digeri-la do que consumimos ao comê-la.
  • É diurética, por isso nos ajuda a eliminar o excesso de líquidos em nosso organismo. Isso será muito eficaz quando sentimos que nos inchamos com facilidade.
  • Caso soframos de prisão de ventre, que também é uma das causas de inchaço abdominal, nos ajudará a combatê-la naturalmente graças ao seu alto teor de fibras. Desta forma, o intestino irá funcionar melhor e não se inflamará, o que poderia potenciar o inchaço na região abdominal.
  • As beringelas contêm uma quantidade equilibrada de minerais que nos ajudam a equilibrar o sistema nervoso. Isso é fundamental para evitar especialmente a ansiedade e esses ataques de fome repentinos que fazem com que comamos de forma exagerada, principalmente alimentos muito calóricos e praticamente sem mastigá-los.
  • Facilita o funcionamento do fígado e da vesícula biliar, o que é imprescindível para que façamos a digestão correctamente, especialmente das gorduras. Desta maneira iremos assimilar melhor os alimentos e impediremos que eles se transformem nas temidas reservas de gordura.
  • Finalmente, tem propriedades desintoxicantes que nos ajudam a eliminar toxinas e resíduos do nosso organismo. Além de reduzir a acumulação de gordura, estaremos nos desfazendo também de substâncias tóxicas que podem ser a causa de diversas doenças no futuro.

Uma das maneiras mais leves e saudáveis de nos beneficiarmos com todas as propriedades consiste em preparar a água de beringela:

  1. Lavaremos bem uma beringela média, iremos descascá-la e cortá-la em cubos
  2. Colocaremos os pedaços numa garrafa, junto com meio litro de água
  3. Deixaremos que ela repouse durante a noite toda
  4. Na manhã seguinte, adicionaremos o sumo de meio limão, o qual potencializa o sabor e as propriedades. Também podemos acrescentar um pouco de água do mar.

Esta bebida deve ser tomada meia hora antes das principais refeições ao longo de uma semana, e esta cura desintoxicante pode ser repetida uma vez por mês, ou quando sentires que está a precisar dela.
Geralmente relacionamos os alimentos à milanesa a uma grande quantidade de gordura e calorias, mas neste caso iremos propor uma maneira deliciosa e muito leve de preparar uma simples beringela à milanesa.

Também vais gostar destes:
Sumo de beringela com limão emagrece horrores: receita milagrosa!
Hambúrguer de beringela no forno. Super saudável!

  1. Colocaremos ela cortada em rodelas de molho, com água e sal, durante pelo menos uma hora
  2. Deixe escorrer um pouco
  3. Passaremos as rodelas de beringela num ovo batido e ligeiramente salgado, e depois em aveia moída ou em flocos, dependendo se gostamos da milanesa mais grossa e crocante ou mais fina. A aveia também é um cereal muito nutritivo que nos ajuda a perder peso.
  4. Colocaremos no forno com um pouco de azeite de oliva de boa qualidade e, se desejarmos, podemos acrescentar alguns temperos e ervas aromáticas.
  5. Deixaremos no forno até que as beringelas fiquem macias. Devem ficar molinhas por dentro e crocantes por fora.

Se tivermos visitas, podemos preparar estas beringelas à milanesa e, para quem não tem que seguir uma dieta, adicionar também tomate e queijo de cabra.

Adolescente de 14 anos já viveu metade da sua vida!

Ele chama-se Jonathan Pitre e é um adolescente de 14 anos de idade.
A história dele é das mais emocionantes que poderíamos dar-te a conhecer hoje.
Pitre é um adolescente de 14 anos, mas a verdade é que ele já viveu metade dos anos da sua vida.
O sonho do menino é ser um jogador de hóquei em patins, mas nunca perdendo a consciência da sua real situação, já que os médicos disseram-lhe que ele poderia viver apenas até aos 25 anos de idade.
E porquê tão pouco tempo de vida para esta criança? Porque ele sofre de epidermólise bolhosa que se trata de uma doença bastante dolorosa, mas que a maioria do cidadão comum desconhece.

Apesar de uma vida difícil em tão tenra idade, ele não desiste e é o exemplo de força e vontade de viver.
Vê o vídeo e entende a definição de determinação e persistência. Sempre que pensares que tens um problema na tua vida, pensa que existe alguém pelo mundo numa situação bem pior que a tua.

Também vais gostar destes:
Adolescente de 14 anos já viveu metade da sua vida!
O video que pode salvar a vida a filhas adolescentes!

A vida é dura, mas nós precisamos ser ainda mais dura com ela para lhe mostrar que somos capazes de lutar com todas as nossas forças.