Se precisas convencer alguém a ficar, quem já deveria ter ido embora és tu.

Algumas pessoas vivem de ilusão, abrem mão do banquete e vivem na dieta das migalhas de amor.

Não precisas agradar, tu és tu, e quando o sentimento for verdadeiro, não existirá necessidade de impressionar, o respeito pela tua essência, deve ser o primeiro motivo pelo qual te apaixonas por alguém.

Já deu essa história de amor próprio, porque falam tanto na teoria mas na pratica, vivem a mendigar atenção, passam o dia a olhar para o telefone esperando uma mensagem, uma ligação, e esquecem de viver, de se amar, de respirar fundo e acreditar que a vida tem o melhor para ti e para todos, e se ainda não apareceu alguém com quem vale realmente ficar, é porque ainda não é hora, então desencana desse desespero.

O que é teu vem até ti, e enquanto não acontece, vai viver, viajar, investir em ti, estudar, ser melhor, ser feliz, porque não precisas de ninguém mais para te sentir completo. Não, a nossa família, os nossos amigos, e um amor, são complementos, são uma parte de nós, mas a nossa missão é sermos inteiros, sem depender de ninguém para isso.

Não existem regras, não existe limite de idade, não existem barreiras ou desculpas, quando tem que acontecer, as coisas se encaixam, as energias fluem, se encontram e transbordam.

Também vais gostar destes:
Não se pode chamar de amor algo pesado e que tira a tua paz.
Não quero alguém que morra de amor por mim…

Os ventos contrários sopram a favor, o Universo conspira e Deus abençoa.

Então sai dessa bad, atira-te ao mundo, sorri para a vida e vê como ela gargalha de volta para ti!

FONTEResiliência Humana


 
Partilha