Crianças em fase terminal revelam o que mais gostam na vida.

965

Crianças em fase terminal revelaram ao médico Dr. Alistair McAlpine, de Cape Town, na África do Sul, o que mais gostam na vida. O médico tem uma função específica e muito triste dentro da Medicina: ele cuida de crianças que estão em estado crítico de saúde, já em processo terminal das suas doenças.

Como conversa sempre com os pacientes e vê o que eles passam, Dr. McAlpine resolveu criar uma pequena série de relatos no Twitter, para mostrar às pessoas quais são as maiores alegrias dessas crianças e o que elas mais gostam em suas vidas.

Todas as crianças que conversaram com ele têm idades que vão dos quatro aos nove anos – e uma sabedoria que faz com que qualquer pessoa repense as suas acções e os seus pensamentos sobre a vida. Depois de começar a postar os seus tweets, os pequenos depoimentos dados pelo médico logo viralizaram – veja as publicações a seguir, com uma tradução livre:

1 – “Primeiro: Nenhum falou que gostaria de ter assistido mais TV, nenhum falou que deveria ter passado mais tempo no Facebook, nenhum falou que gostava de brigar com os outros, nenhum gosta do hospital”

Alistair McAlpine

2 – “Muitos mencionaram os seus pais, geralmente expressando preocupação: ‘espero que a mãe fique bem. Ela parece triste’. ‘O oai não deveria se preocupar. Ele vai me ver de novo em breve’. ‘Deus vai tomar conta da minha mãe e do meu pai quando eu partir’”.

Alistair McAlpine

3 – “Todos eles amam gelado”

Alistair McAlpine

4 – “Todos eles amam livros ou ouvir histórias, especialmente contadas por seus pais: ‘Harry Potter faz com que eu me sinta valente’. ‘Eu amo histórias no espaço’. ‘Eu quero ser um grande detetive como Sherlock Holmes quando eu melhorar’. Galera, leiam para os seus filhos! Eles amam isso”.

Alistair McAlpine

5 – “Muitos desejariam ter passado menos tempo a preocupar-se com o que os outros pensam deles, e valorizam as pessoas que apenas os tratam normalmente. ‘Os meus amigos de verdade não se importaram quando o meu cabelo caiu’. ‘Jane veio me visitar depois da cirurgia e nem reparou na cicatriz’”.

Alistair McAlpine

6 – “Muitos deles amam nadar, e a praia. ‘Eu faço grandes castelos de areia!’. ‘Estar no mar com as ondas foi tão empolgante! Os meus olhos nem doeram!’”.

Alistair McAlpine

7 – “Quase todos eles valorizam a gentileza acima das outras virtudes: ‘A minha avó é tão gentil comigo. Ela sempre faz-me rir’. ‘Jonny deu-me metade do seu sanduíche quando eu não comi o meu. Isso foi bom. ‘Eu gosto quando a enfermeira legal está aqui. Ela é gentil. E dói menos’”.

Alistair McAlpine

8 – “Quase todos eles amam as pessoas que os fazem rir: ‘Aquele mágico é tão tolo! As calças dele caíram e eu não conseguia parar de rir!’. ‘O meu pai faz caras engraçadas que eu simplesmente amo!’. ‘O menino da cama ao lado peidou! Hahaha.’ Rir diminui a dor”.

Alistair McAlpine

9 – “Crianças amam os seus brinquedos e os seus super-heróis. ‘A minha boneca da Princesa Sofia é a minha favorita!’. ‘Eu amo o Batman!’ (todos os meninos amam o Batman). ‘Eu gosto de abraçar o meu ursinho’”.

Alistair McAlpine

10 – “Finalmente, todos eles valorizam o tempo com as suas famílias. Nada era mais importante. ‘Mãe e pai são os melhores!’. ‘A minha irmã sempre me abraça apertado’. ‘Ninguém me ama como a minha mãe me ama’”.

Alistair McAlpine

Também vais gostar destes:
Bombeiros portugueses trazem português com cancro para morrer no seu país.
Português com cancro em fase terminal pede para morrer no seu país.

11 – “Pega a mensagem: sê gentil. Lê mais livros. Passa tempo com a tua família. Faz piadas. Vai à praia. Abraça o teu cão. Diz para aquela pessoa especial que a amsa. Essas são as coisas que essas crianças desejariam ter feito mais. O resto são detalhes. Ah… e come gelado”.

Alistair McAlpine

FONTEMega Curioso

Partilha