“Quem defende que as crianças têm de trabalhar mais…esqueceu o que é ser criança”

“Quem defende que as crianças têm de trabalhar mais…esqueceu o que é ser criança”

É considerado um dos 50 melhores do mundo pelo Global Teacher Prize e aos 45 anos, o espanhol Cesar Bona alerta: “Quem defende que as crianças têm de trabalhar mais…esqueceu o que é ser criança”

Ele assume que, além de ensinar, a escola também existe para educar os adultos de amanhã, para os estimular a querer viver num mundo melhor.

O importante é promover a cooperação, educar por empatia”, salienta. Oriundo de uma pequena aldeia perto de Zaragoza, filho de um carpinteiro e de uma dona de casa, o professor que sabe de onde vem, e para onde vai, diz que foi o destino que o pôs neste papel: “Quando era mais novo queria ser futebolista.

Parece que subestimamos constantemente as crianças…

Em todos os sentidos. Eles têm imensas coisas que podem partilhar connosco e não valorizamos. A nível social, isso também acontece. Faz falta perguntar às crianças como mudavam um parque, que alterações gostariam de ver no bairro onde vivem, o que gostariam que acontecesse para melhorar a vida dos outros. Quando uma pessoa arrisca fazê-lo, os resultados são sempre surpreendentes.

Quando me divirto, desfruto. E isso é muito importante porque à minha frente estão pessoas que, durante toda a infância e adolescência, não podem mudar de vida, como um adulto faria. Estão ali e têm de ali estar, na escola, na sala de aula, diante do professor.

Daí a grande responsabilidade: conseguir que tenham ganas de voltar no dia seguinte. Todos os dias, aqueles miúdos são obrigados a estar sentados durante seis horas, apenas a escutar e a repetir, e isso é aborrecido para qualquer um. Para um adulto também, não?

Imagino que o desafio seja maior por vivermos numa zona do globo mais envelhecida e onde as crianças são cada vez mais raras e crescem super protegidas…

É importante não cair nesse equívoco: nem sempre tudo corre bem e é importante ensiná-las a lidar com a frustração. É assim que se estimula a resiliência na circunstância em que você é diferente de mim, e temos todos de aprender a respeitar essas diferenças.

A casa e a escola são parceiros num projeto educativo. Há um ditado africano que diz que é preciso toda uma aldeia para educar uma criança e a escola é o melhor lugar para ajudar os pais a educarem os seus filhos. A aula funciona como uma espécie de micro sociedade. Se queremos mudar a sociedade, então devemos promover também essas alterações na sala de aula.

Queremos educar os nossos filhos como fomos educados, esquecendo todas as transformações que o mundo conheceu.

Há ainda um outro fenómeno: aplaudimos os exemplos de fora, mas não aceitamos mudanças cá dentro: por exemplo, a escola finlandesa anunciou que acabou com as paredes e todos aplaudem. Se eu, aqui, quiser derrubar um muro que seja, já me acusam de estar a querer fazer uma revolução.

As escolas estão organizadas como fábricas, como locais de trabalho. Penso que quem desenha escolas devia saber tanto de arquitetura como de crianças. O meu objetivo é que, ao fim do dia, quando vão para casa, todos reflitam sobre o que aprenderam e como vão utilizar essa aprendizagem.

Também vais gostar destes:
Não é só a educação dos filhos que é necessária, a dos pais também.
Diz-me onde te dói e te direi quais são os teus problemas.

A verdade é que todos temos algo para oferecer. Se nos focarmos no mal, só vemos o mal. Se desviarmos a atenção para o bom, então esse valor vem ao de cima. Estimula a sua auto-estima e isso pode fazer maravilhas no futuro.

Artigos Relacionados

Últimas

Lili Caneças mostra-se indignada: “Consegui tudo na vida sem auxílio de ninguém”

Lili Caneças mostrou-se indignada: "Consegui tudo na vida sem auxílio de ninguém", disse a figura icónica da televisão portuguesa. Ela marcou presença na gala do...

Miguel Vicente agradece por nova conquista realizada.

Miguel Vicente agradeceu por nova conquista realizada. O Algarvio, é reconhecido como um dos melhores concorrentes de reality shows em Portugal. Ele expressou tristeza por...

A Ferver

Lili Caneças mostra-se indignada: “Consegui tudo na vida sem auxílio de ninguém”

Lili Caneças mostrou-se indignada: "Consegui tudo na vida sem auxílio de ninguém", disse a figura icónica da televisão portuguesa. Ela marcou presença na gala do...

Miguel Vicente agradece por nova conquista realizada.

Miguel Vicente agradeceu por nova conquista realizada. O Algarvio, é reconhecido como um dos melhores concorrentes de reality shows em Portugal. Ele expressou tristeza por...