Quem tem por hábito ou vicio fumar um cigarrinho tem também plena consciência de que o cigarro só traz consequências negativas para a saúde, mas muitos se recusam a parar até que algo realmente aconteça. É o famoso “eu só acredito, vendo”.

A cada 6,5 segundos morre alguém ao redor do mundo de alguma doença ocasionada pelos males do tabaco, mas história de Terrie Hall, provavelmente irá mexer contigo muito mais que estes dados.

Terrie começou a fumar aos 13 anos e na primeira descoberta, houve a necessidade de remover a sua laringe, pois o cancro havia tomado este órgão. Desde então, Terrie foi diagnosticada com cancro por mais 11 vezes sobrevivendo a 10 surtos, mas não ao décimo primeiro. Ela faleceu aos 53 anos de idade.

Antes de morrer, Terrie havia tornou-se uma activista contra o cigarro. Esse é um dos vídeos mais assustadores- e necessários- que vais ver. Fica certo de que quer assistir este vídeo, depois disso, provavelmente mudarás a tua opinião sobre o “cigarrinho”.

Confere:

FONTEMotivação do dia

Partilha