Encerrar ciclos, fechar portas, superar tristezas, recebe 2018 com fé e amor no coração. Mais um ano termina e com ele as experiências alegres e tristes que marcaram a  nossa vida com aprendizagens vividas necessárias à nossa evolução.

Como acontece com tudo, obviamente a nossa vida não seria diferente das demais. tivemos fases boas, felizes, assim como momentos tristes de dificuldades, vividos e superados que passaram por nós, permitindo chegar ao término de mais uma etapa vencida em nossa trajectória terrena.

Nem sempre caminhamos entre flores, sorrisos de alegria, olhos brilhantes e felicidade estampada na face assinalando os nossos dias; muitas vezes o desânimo nos açoita a alma, fraquejamos e sentimos vontade de desistir. Natural, ocorre com todos.

Bom seria se, ao invés de reclamar como muita gente faz, nos lembrássemos de agradecer a Deus pela infinidade de bênçãos que nos são concedidas, inclusive pela maravilhosa dádiva da vida e mais uma vez a oportunidade que nos é outorgada de chegar ao fechamento desse ciclo que se encerra.

A grande pedida é procurar, na medida do possível, esquecer o que passou e não foi bom, observando onde devemos melhorar, aprendendo com os erros cometidos, sempre e cada vez mais dispostos a pautar nossas vidas pela prática da verdade, do amor e do bem.

Por isso, aqui vai um simples e pequeno agradecimento a Deus, ao Universo e aos excelsos Mestres Cósmicos:

Gratidão Senhor, pela vida, pela sublime oportunidade que me foi concedida de renascer nessa existência e em muitas outras que ainda virão, pelas dores enfrentadas que resultaram em preciosas apredizagens para o meu espírito ainda tão imperfeito. Se as lágrimas foram abundantes, os sorrisos compensaram os momentos menos felizes; se o brilho dos meus olhos, algumas vezes, esmaeceu pela ingratidão, desamor e turbulências inerentes à existência de todo ser humano, foi recuperado ao contemplar a imponência reflectida na grandeza das sua “obras”. Gratidão, Pai amado, pela saúde, pelo tecto que generosamente me abriga, pelo pão do corpo e do espírito que nunca me faltou, pelas vestes que cobrem meu corpo, pela família que me deu e que tanto amo, pelos amigos que são poucos mas leais, enfim, Senhor, obrigado por tudo.

Gratidão ao Universo por sempre conspirar a meu favor, eternamente grata aos Excelsos Mestres Cósmicos que em consonância com as directrizes do Cristo, bondosamente iluminam a minha caminhada terrena, pela protecção e direccionamento, ensinando-me caridosamente a amar e perdoar incondicionalmente.

Também vais gostar destes:
Deixa 2018 ser o ano em que tu viverás só para ti e para quem te trata como tu realmente mereces
Cristiano Ronaldo paga construção de hospital pediátrico.

Que mais posso dizer além de: muito obrigado, Senhor? Sem o teu amor, eu nada seria!
Que 2018 chegue com muita paz, harmonia, fraternidade, fé e amor em todos os corações!

TEXTOYára Uchôa Barreto (adaptado)

Partilha