Portugal é um jardim à beira mar plantado que se pode transformar num mar de terror se esta ameaça do Estado Islâmico se concretizar.
Sempre se pensou que os portugueses eram um povo abençoado, por estar longe dos grandes conflitos internacionais e que o único grave problema desta nação seriam os governantes que diariamente trabalham para esmagar os cidadãos que tentam levar uma vida digna.
Como se já não bastasse as dificuldades económicas, a falta de trabalho, as desastrosas gestões bancárias que arruínam bancos, como se de castelos na areia se tratasse, cuidados de saúde que deixam morrer, por falta de atendimento médico urgente pessoas, ainda temos que levar com ameaças terroristas.
O autoproclamado Estado Islâmico divulgou um vídeo verdadeiramente arrepiante sobre as suas intenções de conquista.
A ideia deste grupo terrorista não é nova, e já 2015 a revista do estado Islâmico mostra de forma bem clara que a conquista da Península Ibérica é um desejo que se pode tornar uma horrível realidade num curto espaço de tempo.
De recordar que em tempos os territórios ocupados hoje por Portugal e Espanha fizeram parte de territórios árabes e por isso o Daesh quer agora reconquistar o que um dia lhes “pertenceu”. O vídeo agora divulgado mostra que a conquista do nosso País será iniciada pela região norte que surge tapada por uma espécie de manto vermelho ou uma mancha de sangue.


Para as autoridades´, esta ameaça é bem real e deve deixar todos de alguma forma apreensivos com o futuro, pois nuvens muito negras se aproximam da nação que todos amamos. Não basta amar o país se não se fizer algo urgentemente para travar estes extremistas que não têm qualquer tipo de sentimento pela vida de quem quer que seja.
Assistam o vídeo da RTP 1 e mantenham-se em alerta máximo.


 
Partilha