Dentro de dois anos, é possível que um simples exame de sangue possa identificar quaisquer tipos de tumores cancerígenos até uma década antes que eles se manifestem no organismo.

O exame denomina-se “biópsia líquida” e é capaz de fazer uma extensa análise do DNA encontrado no sangue, de forma a prever qualquer sinal de eventuais tumores.

O procedimento está a ser desenvolvido pelo Centro de Combate ao Câncer Memorial Sloan Kettering, nos Estados Unidos, de acordo com informações do jornal britânico Daily Mail.

Até então as pesquisas já realizaram o teste para diagnosticar 161 pacientes de cancro nos pulmões, próstata ou mama.

Exame para detectar cancro precocemente

Os resultados apontam acerto em 90% dos exames. No caso de tumores difíceis de identificar, como o de pâncreas, o aproveitamento é mais baixo, de 55%, mas ainda assim bastante proveitoso, uma vez que este tipo de cancro geralmente é percebido somente em estágios avançados.

A “biópsia líquida” deve ser capaz de identificar qualquer tipo de tumor em qualquer órgão do corpo. No sistema, ocorre um processo complexo de análise de DNA que procura sinais que sejam relacionados ao aparecimento de tumores.

Também vais gostar destes:
Exame de sangue pode detectar depressão e indicar melhor tratamento.
13 indícios de que o teu corpo está com má circulação de sangue!

Os pesquisadores estimam que após a popularização deste exame, o número de mortes causadas pelo câncer possa cair até 50%. A empresa Grail tem como objetivo realizar os primeiros testes de mercado já em 2019.

FONTEVix