Dificilmente encontramos alguém que não lave o frango antes de o cozinhar já que não sabemos qual o procedimento adoptado até nos chegar às mãos. Mas será que estamos a ter o melhor comportamento!
Fará bem lavá-lo antes de o cozinhar?

Também vais gostar destes:
O melhor fricassé de frango do mundo. É rápido e fácil de confeccionar.
Asas de frango são um veneno para a nossa saúde!

De acordo com a Agência Britânica de Normas Alimentares (Food Stanrdards Agency, FSA) lavar o frango pode ser sinónimo de alastrar alguma bactéria pelo mesmo na sua totalidade: “O apelo é feito porque existem novos dados que mostram que 44% das pessoas sempre lavam o mesmo antes de cozinhá-lo, uma prática que pode espalhar a bactéria campylobacter em mãos, superfícies, roupas e equipamentos de cozinha devido aos respingos da água”, refere a dita agência.

Pelo contrário, ao não lavarmos, a existência de alguma bactéria será cozinhada e automaticamente morta. A bactéria presente neste tipo de carne denomina-se campylobacter e potencia em muito a intoxicação alimentar. Os sintomas mais frequentes são: Vómitos e diarreia, síndrome do intestino irritável e síndrome de Guillain-Barré.
Se mesmo assim tens resistência e preferes continuar a lavar o frango antes de prepará-lo, deves utilizar água ozonizada que é excelente na lavagem de carnes. Fica aqui mais uma dica!