Uma realidade muito triste para os portugueses que queriam gastar dinheiro em álcool e mulheres mas infelizmente gastam tudo no resgate a bancos.

Os portugueses encararam as polémicas declarações de Jeroen Dijsselbloem com tristeza porque gostavam de gastar dinheiro em álcool e mulheres, mas tal não será possivel

Os tugas estão obrigados pelo Estado a torrar tudo o que ganham em bancos e banqueiros, sendo que não gastam dinheiro em sequer uma banqueira ou a resgatar uma cervejeira.

Assim, os portugueses esperam continuar a merecer a solidariedade europeia parta um dia, quando ganharem tanto como os holandeses, poderem finalmente gastar tudo em rameiras e vinho verde.

Também vais gostar destes:
Tens dividas fiscais? O Parlamento aprovou o fim das penhoras!
Depois do banco devolver o cheque, ela decidiu escrever uma carta. A resposta não tem preço!

Até lá, há que continuar a investir em resgates já que é para isso que eles servem.

FONTEInimigo Público

Partilha