Um homem quase morreu por roer as unhas. Luke Hanoman, pai de duas crianças, contraiu uma septicemia – infeção generalizada- que quase lhe custou a vida.

A mesma foi desencadeada pelo facto de ele roer as unhas e de acordo com o mesmo começou a sentir-se mal após de morder a pele que estava em redor da unha.

No espaço de uma semana, Luke de 28 anos lutou contra sintomas semelhantes aos de uma gripe, sem ter a mínima noção de que a infecção se estava a espalhar pelo sangue.

Ao ser levado para o hospital, passou quatro dias em observação e 24 horas depois do internamento os médicos informaram que tinha sorte em estar vivo.

Também vais gostar destes:
A rainha das unhas que te vai conquistar depois dessas fotos!
Fazer as unhas em casa é fácil e bastante económico.

Actualmente, o jovem encontra-se a recuperar e afirmou que “Costumava roer as unhas o tempo todo, como forma de controlar a minha ansiedade. E um dia eu mordi a pele do lado da minha unha. Doeu um pouco, mas não me preocupei”,  disse.

FONTENoticias ao minuto

Partilha