Um homem que maltratou uma cadela na Carolina do Sul (EUA) foi agora condenado a cinco anos de prisão depois de ter usado fita cola para prender a boca desta cadela.

Tudo aconteceu em 2015 e deixou o rosto do cão inchado e a língua preta devido à grave falta de circulação sanguínea.

De acordo com a Associated Press, William Leonard Dodson, de 42 anos de idade, foi o responsável pelo crime de maus tratos, que fez com que a cadela Caitlyn tivesse que passar por uma cirurgia, e muitos meses de recuperação. O juiz descreveu que a cadela passou por um “inferno na terra”.

Dodson foi condenado a cinco anos de prisão (a pena máxima possível para este crime em particular) e uma outra relacionada com armas.

A AP diz que Dodson cumprirá ambas as sentenças simultaneamente. O juiz Markley Dennis, responsável pela condenação do homem, disse que desejava poder dar mais tempo de prisão a Dodson pelo seu crime hediondo.

Também vais gostar destes:
Animais abraçam-se um ao outro mesmo depois de serem adoptados.
Iniciativa inédita entre lar de idosos e abrigo para animais!

Graças aos anjos que a resgataram, Caitlyn está agora bem depois da recuperação após a cirurgia reconstrutiva.

FONTENew pangea

Partilha