Neste nosso mundo completamente maluco já pouco nos consegue surpreender verdadeiramente, mas a criatividade do ser humano é algo fascinante conseguindo encontrar sempre algo que nos faça bater com os queixos no chão.
Em pleno século XXI praticamente tudo é alvo de estudo. Estes cientistas ou são mentes brilhantes ou então querem apenas passar um pouco do seu tempo.
Desta vez o alvo dos implacáveis cientistas e estudiosos foram os casais.
Perguntam vocês e muito bem: “O QUE MAIS HAVERÁ  PARA ESTUDAR NO OBSCURO MUNDO DO CASAMENTO?”
Bem simples: os cientistas estudaram a ajuda dos homens nas tarefas domésticas e chegaram à conclusão que quanto mais o homem ajudar nas tarefas domesticas maior é a probabilidade de um casamento ir para o espaço, ou seja DIVÓRCIO.
Este estudo foi realizado pelo Instituto de Ciências Sociais Novas da Noruega que confirma: os casais que partilham as tarefas domésticas, o número de divórcios é 50% maior em comparação com os casais onde só a mulher realiza o trabalho dentro de casa.
Segundo Thomas Hansen, membro participante no estudo revelou à AFP “Quanto mais ajudar o homem em casa, maior o risco de divórcio.” O estudo teve como nome “Igualdade em casa”.

Para quem investigou o tema as conclusões não são casuais: “casais modernos distribuem tarefas domesticas e têm uma menor percepção do casamento sagrado”.
“Nestes casais modernos, as mulheres muitas vezes são altamente qualificadas e têm empregos bem remunerados, tornando-se menos dependentes economicamente dos maridos. Portanto podem lidar mais facilmente com os casos de divórcio”, acrescentou ainda Thomas.

Também vais gostar destes:
Casal que divide tarefas da casa tem mais prazer no amor e é mais feliz a dois!
Dividir tarefas domésticas melhora a vida em casal diz estudo.

Esta será sem dúvida a mais recente desculpa que os homens encontrarão para se justificar junto das suas mulheres: Não posso vergar muito a mola em casa pois o casório está em risco de cada vez que vocês não arrumam a cozinha!!!!

Partilha