Com o desenvolvimento da tecnologia é preciso aprendermos a proteger a nossa identidade na internet de casos de roubo de identidade. Este é um crime bastante sério e que ocorre sem o contacto directo com os ladrões.

O que fazer?

A primeira etapa consiste quando alguém rouba as tuas informações pessoais e a segunda, na qual o ladrão as usa para se fazer passar por si e cometer fraude.

Assim, as suas defesas têm que que funcionar em ambos os níveis para ter uma proteção mais eficaz, pelo que:

1.º
TEM UMA ATITUDE CRÍTICA
Suspeita de todos os serviços, aplicações e mensagens que te peçam informações pessoais. Procura estar informado/a com a marca ou entidade acerca da fidedignidade do que viste ou recebeste.

2.º
ELIMINA EMAILS SUSPEITOS
Excluiu e-mails suspeitos de desconhecidos que contenham anexos que possam ser potencialmente prejudiciais e evita descarregar arquivos enviados por terceiros.

3.º
LIMITE A QUANTIDADE DE INFORMAÇÕES PESSOAIS

As redes sociais são a principal fonte de informação dos hackers, pelo que ao limitar os teus dados pessoais não terás que te preocupar em garantir que as configurações de privacidade estejam protegendo os seus interesses.

4.º
CONTROLA AS TUAS CONTAS BANCÁRIAS

Se fores proactivo e atento, e mantiveres um controlo sobre as tuas contas bancárias, contas de cartão de crédito e histórico de crédito, podes facilmente identificar o uso não autorizado de uma conta, no início, e parar uma fraude.

5.º
PROTEGE O SEU COMPUTADOR OU DISPOSITIVO MÓVEL
Aplicar as últimas actualizações e correcções de sistema é uma boa medida preventiva, para manter o sistema a funcionar e livre de spyware e de vírus.

6.º
USA PALAVRAS-PASSE DIFERENTES E FORTES
Usar uma senha forte e diferente para contas diferentes dificulta a vida aos hackers, o que significa que o protege a ti e aos teus dados mais eficazmente.

7.º
MANTÉM O NAVEGADOR ACTUALIZADO
Actualiza sempre o teu navegador (Google Chrome, Firefox,…) para que consigas te defender de possíveis ataques.
 

Também vais gostar destes:
ATENÇÃO ao que publicas na internet!
A internet não está a saber lidar com a fofura de Alisha, a morceguinha bebé encontrada na Austrália.

8.º
FICA ATENTO ÀS NOVIDADES
A melhor forma de se precaver é andar a par do que se passa através de notícias ou fóruns. O Portal da Queixa é um exemplo onde se reúne informação do que possa estar a acontecer, no momento, que afecte marcas e consumidores.