Uma idosa foi esquecida durante 12 horas em sala de espera de hospital e acaba por não resistir e morrer.

Loading...

A mulher de 64 anos faleceu num hospital em Úbeda, em Espanha, após ser esquecida 12 horas numa cama numa uma sala de espera.

O médico do lar onde estava a residir encaminhou a mulher para o hospital, acompanhada de uma auxiliar, após uma indisposição da idosa. Na triagem, colocaram-a numa cama numa sala de espera, informa o jornal Ideal.

Ainda que tenham chamado o nome várias vezes, a mulher estava tão débil que não conseguia responder nem pedir ajuda. Acabou por ficar 12 horas naquela sala até morrer.

Foi encontrada, já sem vida, por volta das 22h00, quando o turno dos médicos mudou e alguém se apercebeu que ela se encontrava já sem vida.

Também vais gostar destes:
Cristiano Ronaldo paga construção de hospital pediátrico.
O Hospital da Luz pretende contratar pessoal.

O hospital já abriu um inquérito interno para “determinar em que circunstâncias ocorreu a morte da mulher e, a partir daí, tomar as medidas necessárias para que situações como esta não se voltem a repetir”, informa o comunicado.

Há uma questão aqui que nos deixou intrigados: Se a mulher vai acompanhada de uma auxiliar, mesmo que a doente estivesse débil, a auxiliar não teria capacidade para responder no seu lugar?

FONTESol

Partilha
Loading...