Jornalista russa que interrompeu telejornal em televisão estatal desapareceu.

A jornalista russa que interrompeu o telejornal em televisão estatal desapareceu. Marina Ovsyannikova, protestou contra a guerra na Ucrânia, durante as notícias do “Canal Um” da Rússia.

Ela surgiu com um cartaz e a gritar pelo fim à guerra. A BBC citou o advogado da jornalista dizendo que ela foi presa logo após o seu protesto e estava desaparecida há mais de 12 horas.

A repórter postou ainda um vídeo no qual se desculpou por promover “propaganda do Kremlin” ao longo dos anos e na sua conta do Twitter disse: “Não sei o que me vai acontecer. O meu advogado disse-me que posso enfrentar cinco a dez anos de prisão, de acordo com o código penal. Não me arrependo. No entanto, preciso do vosso apoio”, disse.

Entretanto, a sua conta foi desativada.

Artigos Relacionados

Últimas

Cinha Jardim assume que vai continuar a falar mal de Márcia Soares.

Cinha Jardim assume que vai continuar a falar mal de Márcia Soares. A socialite não se conteve nas suas críticas a Márcia Soares do...

“O Vale é o pior jogador que parece ser a sombra do Zaza.”

"O Vale é o pior jogador que parece ser a sombra do Zaza". Inês Simões usou o Instagram no domingo, 4 de novembro, para...

A Ferver

Cinha Jardim assume que vai continuar a falar mal de Márcia Soares.

Cinha Jardim assume que vai continuar a falar mal de Márcia Soares. A socialite não se conteve nas suas críticas a Márcia Soares do...

“O Vale é o pior jogador que parece ser a sombra do Zaza.”

"O Vale é o pior jogador que parece ser a sombra do Zaza". Inês Simões usou o Instagram no domingo, 4 de novembro, para...