Casey Fischer é uma jovem mãe que mora em New Hampshire, nos Estados Unidos. Apesar de ter engravidado cedo, ela conseguiu ingressar no ensino superior e frequenta as aulas com regularidade. Um dia, quando ela estava a caminho da faculdade, ela vê um mendigo. Sem saber, a menina mudou a vida deste homem para sempre. Casey contou a história no seu Facebook:
Hoje eu estava a caminho da faculdade quando vi um mendigo cantando na calçada, contando moedas. Eu o observei enquanto ele entrava numa lanchonete da rede Dunkin’ Donuts. Ele estava contando as moedas para comprar algo. Não sei porque, mas eu comecei a importuná-lo, falando com ele sem parar, mesmo percebendo que ele não estava querendo muita conversa. Como ele só tinha R$ 1 no bolso, eu lhe comprei um café e um sanduíche e pedi que ele se sentasse a meu lado. Neste momento, ele começou a me contar como as pessoas em geral o tratavam mal porque ele era mendigo. Ele me disse que as drogas o tinham transformado em alguém que ele não queria ser. Falou também que sua mãe morreu de câncer e que ele nunca tinha conhecido seu pai. Seu desejo era se tornar alguém que sua mãe se orgulhasse. (Ele também contou muitas outras coisas que valeriam horas de conversa).


Este homem adorável chamava-se Chris e ele é uma das pessoas mais honestas e sinceras que eu já conheci até hoje. Após perceber que eu estava atrasada para a aula e avisá-lo de que eu iria seguir o meu caminho, Chris pediu que eu esperasse mais um minuto. Ele queria escrever-me algo. Quando terminou, ele entregou-me um pedacinho de papel, pedindo desculpas pela letra feia. Ele então sorriu e foi embora. Quando eu abri o bilhete, eu encontrei estas palavras: “Eu tinha o plano de me suicidar hoje. Porém, por causa de ti, eu mudei de ideias. Obrigada, pessoa bonita.
Com um pequeno gesto, esta menina renovou as energias de um homem que não tinha nada mais a perder.

Um pequeno ato gentil pode fazer uma diferença gigantesca!

FONTENão acredito

Partilha