Uma pesquisa realizada afirma que Fins-de-semana de três dias geram maior produtividade. O equilíbrio entre o tempo de trabalho e o de descanso continua. Trabalhar quatro dias e descansar três pode parecer estranho, mas existem cada vez mais vozes de especialistas a defender a ideia “trabalhar menos para produzir mais“. Um estudo australiano vai ainda mais longe e defende que os trabalhadores com mais de 40 anos só devem trabalhar três dias por semana. Em Portugal, as 35 horas estão de volta para a função pública e a Suécia já começou a testar a semana laboral de 30 horas.

Startups com semana de trabalho de quatro dias
Algumas startups já instituíram o fim de semana de três dias como norma, recusando a crença de que existe uma relação causal entre produtividade e horas passadas no local de trabalho. A Treehouse, um serviço online que ensina web design e programação, estendeu a política de três dias de descanso a todos os empregados depois de o presidente do conselho de administração, Ryan Carson, decidir que esse seria o seu horário.

Benefícios do fim de semana de três dias
Trabalhar 365 dias por ano não faz bem a ninguém: prejudica quem trabalha e quem o rodeia. Tirar férias e dias de descanso é importante e repousar três dias de seguida, por semana é ainda melhor. O site Science of Us indica os principais benefícios do fim de semana prolongado. O primeiro é que dá saúde: quanto mais horas se trabalha por semana, menos saudável se é. As conclusões de um estudo publicado na revista médica The Lancet referem que longos horários laborais aumentam o risco de ataques cardíacos e tromboses.

Fins de semana mais longos também permitem dormir mais e um tempo de sono de melhor qualidade. Mais dias de descanso seguidos também permitem aos trabalhadores recuperar emocionalmente do stress laboral, o que contribuiu para melhorar o ambiente entre colegas de trabalho. O cansaço acumulado contribui para um maior irritabilidade e má disposição generalizada. Cada vez mais estudos reforçam que os trabalhadores mais felizes são mais produtivos.

Também vais gostar destes:
Emprego de sonho: Empresa paga aos funcionários para dormirem mais.
A tua oportunidade de emprego na Suiça está aqui!

Mas o mais importante continua a ser o fator produtividade. Trabalhar menos horas significa produzir mais, ou seja, passar longas horas no trabalho acaba por se virar contra as empresas refere Sarah Green Carmichael num artigo da Harvard Business Review.

Muitas investigações sugerem que, independentemente das nossas razões para trabalhar durante longas horas, o excesso de trabalho não nos ajuda. Para começar, não parecem resultar em mais produtividade”, escreve a editora.

Agora imprime esta noticia e vai mostrar lá ao boss da tua empresa ;)