Muçulmanos querem que a Suíça retire a cruz da bandeira!!

Os muçulmanos residentes na Suíça exigem que seja retirada a cruz da bandeira nacional do país dos alpes.
A Suíça um pequeno país no centro da euro rodeado por montanhas e economicamente muito forte enfrenta um sério problema com os muçulmanos residentes no país.
Para além dos bancos, das montanhas, do chocolate maravilhoso e dos relógios caros, a Suíça é também mundialmente famosa por respeitar as suas tradições e costumes seculares. Os suíços têm muito orgulho no seu país, na qualidade que atingiram ao longo dos séculos. A bandeira suíça dança orgulhosamente ao vento de janelas, pontes e até no topo de algumas montanhas. Mas, para alguns grupos de emigrantes isso devia mudar radicalmente.
Retirar a Cruz um símbolo nacional da Suíça, agrada aos muçulmanos e aos movimentos de esquerda laicista e anticristã.
Second@s Plus, associação de emigrantes muçulmanos residentes na Suíça, começou uma campanha nacional com o objetivo de retirar a Cruz branca da bandeira nacional do país, anunciou o  Hudson Institute, seção de New York, especializado em geoestratégia.
Nos países islâmicos, um pregador Evangelho pode ser condenado com a pena de morte.
O grupo argumenta que é um “símbolo cristão que não mais corresponde à Suíça multicultural de hoje”. Ivica Petrusic, vice-presidente do grupo muçulmano, referiu que “a Cruz ofende os imigrantes maometanos e que os suíços, portanto, deveriam escolher outro símbolo”.
Segundo Petrusic, “é necessário separar a Igreja do Estado”. Ele ainda gozou com os suíços afirmando que o povo suíço não acredita mais na Cruz.

O líder islâmico propõe uma bandeira verde, vermelha e amarela, muito semelhante com a da Bolivia e do Ghana. Na realidade, o objectivo é que a futura bandeira fique com as cores rituais islâmicas: verde, vermelho, preto e branco.
Símbolos corânicos estão presentes em bandeiras de muitos países islâmicos e quem tentar ter a mesma ideia de os remover pode ser judicialmente condenado com a pena de morte.
Falar em liberdade religiosa nos países islâmicos é algo completamente impensável propor alterações nas bandeiras então seria fim do mundo

Também vais gostar destes:
Lei Islâmica: Os pombos são pornográficos!
O que ele passou na escola é aterrorizante. Quando li não contive as lágrimas!

Reacções à proposta:
O Partido do Povo Suíço (SVP), o maior do país, declarou a proposta como “totalmente inaceitável”. Termos análogos foram empregados pelos porta-vozes do Partido Democrata Cristão (CVP) e Liberal.
A reacção imediata dos grandes partidos foi uma clara demonstração de que perceberam o perigo da proposta e as reacções explosivas que poderiam trazer.

Outra exigência: impor a Lei Islâmica (Sharia)
Na Suíça habitam perto de 400.000 muçulmanos e possuem 200 mesquitas e 1.000 locais de culto. Eles promovem uma enorme quantidade de processos jurídicos para impor os preceitos islâmicos nos costumes da Suíça.
O chefe da comunidade islâmica da Basileia foi processado por pregar a implantação da Lei Islâmica (Sharia) no país e a flagelação pública de mulheres, tendo sido liberado em nome da “liberdade de expressão”. Nos países islâmicos, um pregador público do Evangelho pode ser condenado à morte.
Em 2009 os suíços aprovaram em referendo a proibição constitucional dos minaretes e de construção de novas mesquitas e já em 2010 exigiram também por referendo regras mais severas contra os emigrantes condenados por crimes graves e a sua deportação.
Por causa destas decisões livres e democráticas e racionais, o país foi criticado pelas esquerdas internacionais, inclusive as católicas “ecumênicas”.
Se os europeus não se derem rapidamente conta vamos viver momento de muito terror!!

Artigos Relacionados

Últimas

Áudio da gémea de Mónica Silva com declarações bastante elucidativas.

Um áudio da gémea de Mónica Silva ofereceu declarações bastante elucidativas. Sara Silva, foi convocada para testemunhar em tribunal no caso do desaparecimento da...

Jacques Costa descreve Catarina Miranda como vulgar.

Jacques Costa descreveu Catarina Miranda como vulgar. No Extra do Big Brother 2024 de quinta-feira, Jacques Costa criticou abertamente Catarina Miranda. Ele partilhou que em...

A Ferver

Áudio da gémea de Mónica Silva com declarações bastante elucidativas.

Um áudio da gémea de Mónica Silva ofereceu declarações bastante elucidativas. Sara Silva, foi convocada para testemunhar em tribunal no caso do desaparecimento da...

Jacques Costa descreve Catarina Miranda como vulgar.

Jacques Costa descreveu Catarina Miranda como vulgar. No Extra do Big Brother 2024 de quinta-feira, Jacques Costa criticou abertamente Catarina Miranda. Ele partilhou que em...