Cada vez mais precisamos estar atentos a tudo e mais alguma coisa ao nosso redor, já que qualquer dia até a nossa própria sombra nos vai tramar.
A cada dia que passa, estamos mais e mais expostos aos larápios. Antigamente os roubos eram por esticão, pistola, faca e só o governo nos vinha ao bolso de forma discreta. Infelizmente, o mundo do crime organizado aprendeu com os governantes e decidiu começar a actuar discretamente e sem dar nas vistas.
Até agora pensávamos que ter o dinheiro no banco com pins, NIB/IBAN era o garante de segurança, mas não poderíamos estar mais enganados.
No programa da “Radio Renascença dá voz” ficamos a conhecer esta nova forma de roubo. Uma lesada contou que se deu conta que andava a pagar contas de alguém que utilizou o seu NIB indevidamente para ativar o débito direto, o mais grave é que esta situação é muito mais frequente do que nos piores pesadelos poderíamos imaginar.
Esta situação ganhou uma tal dimensão, após a harmonização bancária que a União Europeia introduziu.
Havia três movimentos, que somam praticamente 100 euros, que não estavam identificados com nenhuma transação que nós tivéssemos feito nem com nenhuma autorização de débito. Era um senhor de Cascais, que tinha dado o nosso NIB para fazer o débito direto do serviço que ele estava a usufruir da MEO.” Revelou Margarida Henriques gerente de uma associação desportiva à Rádio Renascença.

“Qualquer pessoa chega à internet, tira um NIB põe um NIB como sendo seu e a entidade credora não tem nada que ateste que aquele NIB é da pessoa. A partir daqui tudo pode acontecer.” Lamentou.
Segundo afirma Carla Varela da Deco o uso abusivo dos dados de outra pessoa consubstancia um ilícito criminal e deixou alguns conselhos.
Em primeiro lugar, é importante que dê os seus dados ao menor número de pessoas possível, como forma forma de prevenção. Caso detete alguma irregularidade, cancele imediatamente a ordem de débito direto (pode fazer no multibanco) e denuncie a sua situação à entidade bancária e ao Banco de Portugal”.
Muito cuidado com os dados pessoais nunca é demais alertar!!
Partilha com todos para que tenham toda a atenção possível!