Uma mulher faleceu depois de cinco horas a “vergalhar” sem parar. A mulher de 32 anos de idade acabou por falecer num motel na Colômbia, após ter tido um ataque fulminante depois cinco horas de “a vergalhar sem interrupção”.

A mulher morreu de ataque cardíaco e foi o seu companheiro que chamou a ambulância, mas como demoraram uma eternidade, o homem teve de levar a sua companheira às urgências de um hospital universitário, mas já não havia nada a fazer pois a mulher havia chegado já sem vida ao hospital.

As autoridades acabaram por descobrir mais tarde que a mulher em questão e o companheiro tinham utilizado substâncias ilícitas para prolongarem o acto. Agora, estão a averiguar se ela consumia com regularidade ou não.

Mais uma história com um final triste.

Nota: Este é um artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.

Partilha