Esta espécie liberta um veneno, por isso se a vires isso na praia, não te aproximes e chama os nadadores-salvadores.

Falamos da Caravela portuguesa e causa reacção cutânea e dor intensa, pelo que o IPMA aconselha às pessoas que se afastem e que não lhe toquem.

Uma caravela-portuguesa (Physalia physalis), um organismo venenoso, foi avistada por um homem no Brasil que ao aproximar-se apercebeu-se que a mesma se mexia.

Esta espécie é frequentemente confundida com medusas (ou alforrecas) devido ao seu aspecto gelatinoso mas é, na verdade um sifonóforo. É constituído por um conjunto de vários indivíduos simbióticos (zooides), cada um com a sua função específica, que funcionam todos juntos como um único organismo“, explica o IPMA.

Caravelas portuguesas e nadadores salvadores

Caravelas portuguesas e nadadores salvadores

Este organismo possui também pequenos tentáculos com estruturas venenosas e este veneno causa na vítima uma forte reacção cutânea aliada a uma dor intensa, pelo que o IPMA aconselha todos para que se mantenham afastados dos animais e sobretudo que não lhe toquem.

Caravelas portuguesas e nadadores salvadores

 Também vais gostar destes:

Praia em Armação de Pêra deserta mas apetrechada de chapéus de sol e toalhas!
Se vires isto na praia nunca lhe toques.

Vê os vídeos abaixo com as suas movimentações:


Agora que já sabes tratar-se de uma caravela Portuguesa venenosa, todo o cuidado é pouco. Partilha!

FONTEPúblico