Eliminar as toxinas do corpo é um passo essencial para conquistar uma boa forma física  – mas, por onde começar?
A nutricionista Patricia Davidson Haiat, propôs, no seu Instagram, o desafio #PorUmaVidaLivreDeToxinas, com seis regras para seguir durante o ano todo e colher os resultados. Será que consegues?
O que são toxinas e como elas detonam o teu corpo?
As toxinas são impurezas com as quais o organismo tem contato através dos alimentos, da poluição, de aditivos químicos, de cosméticos, de remédios, entre outras formas. As toxinas acabam por se acumular nos tecidos e células adiposas do corpo, e o resultado disso é um bloqueio da sensação de saciedade, levando a pessoa a comer cada vez mais. Não obstante o aumento no peso, a acumulação de toxinas também desencadeia doenças de pele, inchaço corporal, dores no corpo, gases, dificuldade para ir ao banheiro e favorece o desenvolvimento das mais variadas patologias. O corpo, sozinho, até consegue eliminar algumas dessas impurezas, mas não todas, e é por isso que fazer uma dieta desintoxicante é importante para o bom funcionamento do organismo.
Como eliminar toxinas: 6 regras de nutricionista
Beber mais água
Os benefícios da água parecem óbvios, mas muita gente mesmo assim menospreza o que ela pode fazer pelo corpo. Quando a hidratação está correta, o volume de sangue aumenta e a circulação melhora, eliminando o inchaço e ajudando a mandar as impurezas embora.
Comer menos industrializados
Os processos químicos pelos quais os alimentos industrializados passam fazem com que eles tenham uma série de características atrativas ao paladar, como cheiro, textura e gosto agradáveis. No entanto, essas mesmas substâncias trazem malefícios que detonam o organismo a longo prazo: engordam sem nutrir, causam inflamações – que levam ao agravamento da celulite, por exemplo – e levam ao desenvolvimento de doenças como o cancro
Substituir doces açucarados por frutas
Frutas vermelhas podem ser uma opção saborosa para a sobremesa

“Fruta não é sobremesa” é um dos mandamentos dos amantes de doces. No entanto, pelo bem da saúde, é preciso desapegar. O açúcar refinado não tem nenhum benefício nutricional, pode aumentar o colesterol e levar a problemas cardiovasculares, além de depressão e ansiedade – estudos indicam que o açúcar vicia. Já o açúcar das frutas, a frutose, pode também engordar se consumido em excesso, mas vem com os diversos benefícios nutricionais que esses alimentos trazem à saúde.
Parar de exagerar
Levar um estilo de vida equilibrado, mesclando boa alimentação, prática de exercícios físicos e lazer reflete na estética corporal e na saúde. Quando comemos demais, por exemplo, extrapolamos as necessidades do nosso corpo e normalmente o fazemos para descontar ansiedade e frustrações na comida. O resultado? Organismo e mente desequilibrados e maior risco de vir a ter problemas de saúde.
Praticar actividades físicas
Exercitar é essencial para desintoxicar o corpo. Primeiramente porque, durante uma sessão de exercícios físicos, normalmente suamos e, assim, eliminamos algumas das toxinas que ficam presas no organismo, ajudando a diminuir o inchaço. As calorias gastas com os exercícios emagrecem, o esforço muscular deixa o corpo definido, os ossos ficam mais fortes, o metabolismo acelera, o humor e o sono melhoram, entre muitos outros benefícios.
Usar panelas e recipientes de vidro
Potes e recipientes de plástico e de alumínio, quando são aquecidos, soltam substâncias chamadas ftalatos e bisfenol A, respectivamente. Os dois contaminam o alimento armazenado e podem causar alterações no peso e nos hormonas.