Nos últimos anos, vários estudos científicos têm demonstrado que os cães sentem emoções de forma similar aos seres humanos.
Um estudo da Universidade de Emory, em Atlanta, nos Estados Unidos, mostrou que os cães podem ter sentimentos iguais aos de uma criança.
O nível de sensibilidade entre as duas espécies é muito semelhante.

Os cães têm a mesma sensibilidade de uma criança
A experiência consistiu em usar vários cães e colocá-los sob um scaner de ressonância magnética. Ao londo do exame, os cães recebiam diferentes tipos de estímulos que geravam alguma atividade cerebral.
Segundo a pesquisa, a atividade cerebral dos cães aumentava à medida em que recebia sinais que estavam relacionados com a alimentação ou com os odores de pessoas conhecidas.

Os cães podem ser otimistas ou pessimistas?
Quando um cão é deixado sozinho em casa, ele se angustia e demonstra claramente com os seus latidos, destruindo coisas ou fazendo as suas necessidades fisiológicas no interior da casa.
Neste sentido, o estudo revelou que os cães estavam ansiosos quando foram deixados sozinhos e que apresentaram comportamentos pessimistas.
Com o objetivo de estudar a tomada de decisão nos mesmos cães, os pesquisadores colocaram, num lugar da sala, um prato de comida e um outro que estava vazio. Ambos os recipientes foram colocados em locais diferentes.
Os cães que corriam rapidamente para esses dois locais diferentes, como se esperassem a recompensa de comida, foram classificados como relativamente otimistas, enquanto que os que não se aproximavam da tigela, foram considerados pessimistas.

Mendl disse: “Sabemos que os estados emocionais das pessoas afetam os seus julgamentos e que pessoas felizes são mais propensas a julgar uma situação ambígua de forma positiva. Através do nosso estudo, foi demonstrado que isso também se aplica aos cães “.
Os resultados sugerem que o comportamento considerado como problemático para os donos também tem um significado emocional para os animais, mesmo que o comportamento em si mesmo não esteja sendo demonstrado.
Além disso, surge a possibilidade de que alguns cães possam ser mais propensos a responder com ansiedade quando são deixados sozinhos.
Isso é importante porque o comportamento relacionado com a separação é comum em cães, por conseguinte, prever esse comportamento pode servir para tratá-los de forma correta, de modo que eles possam alcançar um estado de bem-estar.

Que outras coisas os cachorros podem sentir?
Outros estudos têm sugerido que os cães podem experimentar emoções negativas como acontece com os seres humanos, incluindo o equivalente a certas condições psicológicas crónicas e agudas, como a depressão.

Também vais gostar destes:
Detidos americanos adestram cães que seriam sacrificados por comportamento violento!
Estes cães SUPER especiais vão roubar o teu coração!

Da mesma forma, há alguns anos, os sintomas parecidos com depressão clínica, as neuroses e outras condições psicológicas foram, em geral, aceites dentro do que se tornou conhecida como emoção canina.
Por outro lado, outros estudos revelaram que os cães também podem ficar com ciúmes. Este tipo de comportamento, em que um animal sente-se frustrado com o que acontece com os outros, também tem sido observada nos macacos.
Nos cães, segundo os pesquisadores, este tipo de comportamento provavelmente deve-se à estreita relação que os cachorros têm com os seres humanos.

FONTEO segredo

Partilha