A praia de Sesimbra está interdita a banhos devido a uma bactéria perigosa nas águas.

Os microrganismos foram detetados nas últimas análises feitas àquela água, no dia 11 de Juho.

Os banhistas  foram, assim, aconselhados a não irem à água tendo inclusive sido colocados alertas aos banhistas.

Felícia Costa,  presidente em exercício do município, garante à agência Lusa que a bactéria não traz perigo para a saúde pública.

“A bandeira vermelha foi hasteada por precaução e estamos a recomendar às pessoas para não irem a banhos, face ao resultado da última análise efetuada pela APA (Agência Portuguesa do Ambiente), mas o próprio edital da Capitania do Porto refere que não há perigo para a saúde pública…Vamos tentar que a contra-análise seja efetuada rapidamente para que seja hasteada de novo a bandeira verde“, disse a presidente.

Para ela o resultado da análise efetuada terça-feira pela APA “foi um incidente isolado e sem qualquer significado, a exemplo de um outro que aconteceu há cerca de oito anos na mesma praia da Califórnia…Na altura, a contra-análise não confirmou qualquer problema e temos a convicção de que, desta vez, também não haverá confirmação de qualquer foco de poluição nas praias de Sesimbra“, referiu.

Luís Lavrador, capitão do porto de Setúbal, confirmou à agência Lusa que mandou a hastear a bandeira vermelha por precaução e desaconselhar os banhos na praia da Califonia.

As bactérias podem ser encontradas no solo, nas águas naturais e residuais domésticas e no intestino do homem e de outros animais de sangue quente.

Também vais gostar destes:
Tomar um banho quente queima mais calorias do que uma caminhada, diz estudo.
Banho energético para afastar energias negativas.

São largamente utilizadas na avaliação da qualidade das águas, podendo ser responsáveis por doenças como a febre tifóide, febre paratifóide, disenteria bacilar e cólera se se ingerir água com altos níveis de coliformes.

Bom, até que digam o contrário, mais vale prevenir que remediar.

FONTECM

Partilha