Uma criança com 7 anos de idade ficou  com queimaduras queimaduras  criticas depois de realizar um desenho com creme Henna.

O jovem Madison Gulliver estava de férias com o pai, quando ele a autorizou a fazer uma tatuagem temporária no seu braço no seu hotel de 4 estrelas.

Após fazer a tatuagem, a criança queixou-se de imediato ao pai afirmando que tinha comichão. Depois disso começaram a aparecer enormes bolhas que lhe doíam. A criança necessitou mesmo ser transportada para o hospital para que lhe fosse prestado o tratamentos às queimaduras.

O creme em questão contém fenilenodiamina, corantes químico e na sua generalidade não é permitida a sua utilização na pele.

Queimaduras críticas

Queimaduras críticas

A criança ficou com cicatrizes nos dedos e cotovelos. O salão de tatuagem do hotel desresponsabilizou-se afirmando que o problema se encontrava na pela da menina e não no creme em questão. Ainda assim, e devido ao sucedido, o hotel retirou as tatuagens de henna dos seus serviços.

Queimaduras críticas

Também vais gostar destes:
Médico prescreve creme [email protected] e óvulos a um homem.
Creme milagroso de apenas quatro euros trata eczema de criança.

A verdadeira henna não é preta, mas sim castanha alaranjada. Todas as tatuagens temporárias muito escuras deve ser tratadas com muito cuidado. Ao aplicar hena preto com PPD na pele, pode haver reacções alérgicas e queimaduras químicas. Se tem dúvidas, não o faça.“, afirmou o Diretor-geral da Cosmetic, Toiletry and Perfumery Association, Chris Flower
FONTEMetro

Partilha