A mãe pregou a filha ao chão e abriu todas as torneiras do apartamento e foi isso que lhe permitiu salvar a vida.

De seu nome Natasha Elcock ela viu a morte de perto. Não só a sua vida estava em perigo, mas também a do seu marido e da sua filha.

Eles moravam no 11º andar de Grenfell Tower, que foi destruída por um incêndio. Os bombeiros intervenientes na cena ordenou Natasha a ficar no apartamento o que eles acataram.

Horas depois, os bombeiros disseram que eles podiam sair, mas eles não conseguiram abrir a porta. “Tentamos abrir a porta, mas estava muito quente, queimou-nos as mãos“, disse Natasha.

Desesperada, a mãe de família pensou numa maneira de manter a familia em segurança. Olhou para o apartamento e abriu todas as torneiras para inundar o chão. Eles instalaram-se no quarto menos quente e agacharam-se no chão molhado. “A porta desabou e as janelas racharam. Estávamos aterrorizados.

MAis tarde, o salvamento chegou. Parabéns a Natasha que encontrou uma maneira engenhosa de se agarrar à vida quando tudo parecia perdido!

Infelizmente, 79 pessoas já morreram e dezenas de outros ficaram feridos ou desaparecidos.

Também vais gostar destes:
O apocalipse aproxima-se! A bíblia prevê os ataques na Síria e a sua exterminação próxima.
CUIDADO: Ataques de Phishing podem aceder à tua conta bancária.

A investigação ainda está em andamento e as equipas procuram nos escombros mais vítimas.

FONTENatasha Elcock


 
Partilha