Somos responsáveis pelo nosso corpo em por tudo que ocorre nele (em geral temos a idéia disso, mas não a certeza), os nossos pensamentos, principalmente os mais negativos, como tristeza, raiva. medo, ódio, baixa auto-estima, desvalor próprio, rejeição, vontade de fugir (dentre outros), em geral originam um estado de falta de perdão, consigo ou o outro.

Esse estado desencadeia no nosso cérebro uma série de substâncias que acabam desestabilizando alguma parte do nosso corpo, gerando doenças, por vezes algumas bem graves. O segredo para uma vida com melhor saúde é sempre, perdoar e saber que ninguém é perfeito, e valorizar-se muito, afinal se não deres valor a ti, ninguém te valorizá. Ama os teus defeitos, as tuas qualidades pensando sempre em melhorar os teus pontos a desenvolver.

Cuidado com os sentimentos que vês que não são bons para ti, percebe e vê o que pode mudar para não te fazer mal.
Segue uma tabela com algumas doenças e os sentimentos que as desencadeiam.
Amigdalite : Emoções reprimidas, criatividade sufocada.
Anorexia: Ódio ao extremo de si mesmo.
Apendicite: Medo da vida. Bloqueio do fluxo do que é bom.
Arteriosclerose: Resistência. Recusa em ver o bem.
Asma: Sentimento contido, choro reprimido.
Bronquite: Ambiente familiar “inflamado”, Gritos e discussões.
Câncer: Mágoa profunda, tristezas mantidas por muito tempo.
Colesterol: medo de aceitar alegria.
Derrame: Resistência. Rejeição a vida.
Diabetes: Tristeza profunda ( vida sem docura).
Diarréia: Medo, rejeição, fuga (eliminar de dentro o que está ruim).
Dor de cabeça: Autocrítica, falta de auto valorização.
Enxaqueca: Medos. Raiva reprimida. Pessoa perfeccionista.
Fibromas: Alimentar mágoas causadas pelo parceiro.
Frigidez: Medo. Negação do prazer.
Gastrite: Incerteza profunda. Sensação de condenação, idéias mal digeridas.
Hemorróidas: Medo de prazos determinados. Raiva reprimida. Pessoa perfeccionista.
Hepatite: Raiva, ódio. Resistência a mudanças.
Insónia: Medo, culpa.

Labirintite: Medo de não estar no controle.
Meningite: Tumulto interior. Falta de apoio.
Nódulo: Ressentimento, frustração. Ego ferido.
Pele (acne): Individualidade ameaçada. Não aceitar a si mesmo.
Pneumonia: Desespero. Cansaço da vida.
Tensão Alta: Problema emocionalmente duradouro e não resolvido.
Prisão de Ventre: Preso ao passado. Medo de não ter dinheiro suficiente.
Pulmões: Medo de absorver a vida.
Quistos: Alimentar mágoa. Falsa evolução.
Resfriados: Confusão mental, desordem, mágoas.
Reumatismo: Sentir-se vítima. Falta de amor. Amargura.
Rinite Alérgica: Congestão emocional. Culpa. Crença em perseguissão.
Rins: Crítica, desapontamento, fracasso.
Ronco: Teimosia, apego ao passado.
Sinusite: Irritação com pessoas próximas.
Tiróide: Humilhação.
Úlceras: Medo. Crença de não ser bom o bastante.
Varizes: Desencorajamento. Sentir-se sobrecarregado.
Interessante?

Também vais gostar destes:
Os cães sentem emoções comparadas às de uma criança, diz estudo!
Como as nossas emoções afectam as dores nas costas?

Atenção com os teus sentimentos, principalmente o que escondes dentro de ti mesmo.

Boa sorte sempre!!!

___