Os sintomas de leucemia nem sempre são faceis de detectar. As células anormais do sangue expulsam as saudáveis, o que causa anemia, hemorragias, infecções e problemas em outros órgãos e sistemas do nosso corpo. Assim, é fundamental conhecer os sintomas da leucemia mais de perto!

1. Cansaço e fraqueza sem motivos aparentes

Estes são os sintomas da anemia, condição em que há uma deficiência de glóbulos vermelhos no sangue.Podes te sentir um pouco cansado, mas às vezes os ataques de fadiga podem ser piores.

2. Falta de ar

Começas a ficar ofegante ao andar ou conversar. Às vezes, até mesmo caminhar entre os lugares da casa te fará ficar sem ar.

3. Hematomas sem motivos

Hematomas podem aparecer sem qualquer razão visível no caso de leucemia. Muitas vezes, um ligeiro toque pode ser o suficiente para produzir um enorme hematoma. Esta condição é causada pela falta de trombócitos. Na maioria das vezes, os hematomas aparecem nos braços e nas pernas.

4. Sangramento incomum

Sangramento do nariz, gengiva e de outros órgãos com certa frequência também pode ser um sintoma da leucemia.

5. Petéquia (pequenos pontos vermelhos na pele e membranas mucosas)

A petéquia pode lembrar pequenos pontos de tinta vermelha. Ela é indolor e fácil de ser ignorada. Na maioria das vezes, aparecem nos tornozelos.

6. Inchaço nas gengivas

É um dos primeiros sintomas que os médicos verificam ao suspeitarem de leucemia. Sentirás um desconforto nas gengivas.

7. Sensação de estômago cheio e inchaço

Os médicos chamam esse sintoma de “saciedade rápida”. O baço inchado faz com que te sintas como se tivesses comido demais.

8. Desconforto e dor no lado esquerdo da parte superior do estômago

O baço inchado também pode causar desconforto ou até mesmo uma dor aguda no estômago. Não deves ser negligente em relação a essa dor, pois o baço pode morrer parcialmente.

9. Febre

Um quarto de todos os pacientes com leucemia tem esse sintoma. Além disso, a febre subfebril (cerca de 37°C) é um sinal de infecção e de um sistema imunológico enfraquecido.

10. Suor durante a noite

Suar em excesso durante a noite pode ser um sinal para muitas doenças. Logo, se perceberes que tens suado muito enquanto dorme nos últimos dias, consulta o teu médico o mais rapidamente possível.

11. Dores de cabeça latejantes

Dores de cabeça latejantes é um sintoma bastante incomum da leucemia, mas muito perigoso. Ele pode estar associado com anemia ou até mesmo com derrame cerebral.

12. Palidez

Além de fraqueza, sonolência e falta de ar, os pacientes muitas vezes se tornam naturalmente pálidos, o que também é resultado da anemia.

13. Dores nos ossos

A leucemia começa na medula, portanto, se sentires algo como uma dor entre leve e aguda, consulta o médico.

14. Linfonodos grandes

Procura na área do pescoço, axilas e virilha por linfonodos inchados, mas que não doam quando pressionados. As tuas glândulas e amígdalas podem inchar e encolher quando tens uma infecção, mas se elas continuarem grandes ou a crescer, pode ser um sintoma de linfoma ou leucemia.

15. Erupção cutânea

Erupções cutâneas associadas à leucemia podem parecer diferentes, desde pequenas urticárias até grandes caroços hipodérmicos. No entanto, todos possuem a mesma característica: espalham-se e crescem à medida que a doença progride.

Também vais gostar destes:
Tiroidite de Hashimoto: doença silenciosa que precede hipotiroidismo dá 16 sinais.
A ansiedade é uma doença grave e estes são os principais sintomas.

16. Infecções frequentes e repetidas

Se sofres de uma pequena infecção já há algum tempo e o tratamento não tem dado resultados, faz um exame de sangue detalhado. A sensação constante de que estás prestes a ter uma constipação ou tens constipações frequentes e infecções juntamente com outros sintomas é uma forte indicação de que deves fazer um check-up completo.

Não fiques muito assustado caso tenhas alguns dos sintomas mencionados acima. A probabilidade é que estes sejam sintomas de um sistema imunológico fraco e de outras doenças menos graves. No entanto, recomendamos fortemente que te consultes com um médico regularmente, pois, como bem sabemos, é melhor prevenir do que remediar.

FONTEPerfeito

Partilha